segunda-feira, 17 de agosto de 2009

JUVENTUDE E EMPREGO

A análise da participação precoce dos jovens no mercado de trabalho revela o nível de desenvolvimento de um País. Nas economias mais desenvolvidas o número de crianças e adolescentes no mercado de trabalho é mínima. No Brasil, no entanto, o trabalho de jovens de menos idade é uma prática comum. Para o grupo de 15 a 17 anos, a taxa de atividade para os que vivem em famílias cuja renda mensal per capita situa-se em até 1/4 do salário mínimo está em torno de 53,7%. Um índice bastante alto mesmo quando comparada com a de outros países de menor renda per capita que o Brasil. A mais alta taxa de participação na força de trabalho, por região brasileira, esta no Sul, onde oito em cada dez jovens do sexo masculino, entre 15 e 19 anos trabalham. Em relação às mulheres, quanto mais urbanizada e desenvolvida for a região, mais elevado é o nível de sua participação. Assim, as taxas de atividade econômica masculina são geralmente mais elevadas nas zonas rurais do que nas áreas urbanas, enquanto que a situação é inversa na questão feminina.As regiões Sul e Sudeste apresentam os números mais elevados de moças de 15 a 19 anos de idade, aproximadamente metade delas, integrando a força de trabalho. (Adolescentes de Hoje, Pais do Amanhã: Brasil, 1991, Fundação Emílio Odebrecht).

São muitos os obstáculos enfrentados pelos jovens que estão no mercado de trabalho e pelos os que ainda estão tentando encontrar nele um lugar: más condições de trabalho, baixa remuneração, longa jornadas de trabalho, dificuldade de conciliar trabalho e escola, altas taxas de desemprego e desajuste entre o estudo recebido e as exigências do mercado. Em todos os ramos de atividade econômica em que se inserem os jovens de menos idade brasileiros, a grande maioria trabalha na condição de empregado, com exceção da agricultura, onde a relação predominante entre eles é o trabalho familiar sem remuneração. Do total de crianças e jovens que trabalham na agricultura, em 1989, 62,3% não recebem rendimento algum.

À medida em que os jovens passaram a obter cada vez mais empregos no setor de prestação de serviços, os empregadores puderam cada vez mais selecionar a partir de um grande número de candidatos como também reter ou negar benefícios. Em geral, os jovens trabalham sem carteira assinada e são vítimas de subemprego. O percentual dos que contribuem para o Instituto da Previdência, que lhes dá direito a benefícios de saúde e a receberem pagamentos da previdência social, caiu de 16%, em 1979, para 11%, em 1985. Apenas 34,6% da população de trabalhadores de 15 a 17 anos tem carteira assinada. Embora insuficiente, os jovens do Sudeste trabalham sob uma maior proteção da legislação trabalhista. Na Região Nordeste, por exemplo somente 9,5% deles, na mesma faixa etária, tem a carteira assinada pelo empregador. O número total de jovens, de 15 a 29 anos, que trabalham sem carteira assinada era, em 1990, 13.026.162. Uma quantidade maior do que aqueles que tem esse benefício - 12.128.588.

No mercado formal, apenas um em cada 25 empregos é preenchido por um jovem. Sendo que, entre 1960 e 1970, houve um declínio pronunciado desta participação. Dados do IBGE de 1989, revelam, ainda, que os jovens brasileiros trabalham muito e ganham pouco, com uma jornada de trabalho muito longa, mais de 40 horas semanais . Entre os adolescentes de 15 a 19 anos, apenas 8% dos rapazes e 13% das moças economicamente ativas trabalham menos de 30 horas semanais. Cerca de oito em cada 10 rapazes e sete em cada 10 moças dessa faixa etária trabalham 40 ou mais horas semanais. Apesar disso, os jovens ganham muito pouco, embora sua renda aumente ligeiramente com a idade. As moças são ainda pior remuneradas do que os rapazes. Em 1980, apenas 12% dos rapazes e 10% das moças, de 15 a 19 anos, ganhavam pelo menos um salário mínimo.

Embora, de forma geral, seja bastante insatisfatório o nível de instrução das crianças e adolescentes que trabalham, percebe-se uma diferenciação muito acentuada em seu grau de escolaridade, conforme o ramo de atividade em que se inserem. O comércio e a indústria de transformação são aqueles onde os jovens apresentam melhor nível de instrução. Isso se deve ao fato de se tratar de setores mais formalizados da economia que exigem maior nível de qualificação, além de empregarem quase exclusivamente jovens a partir dos 14 anos, idade mínima que a lei determina para o ingresso no mercado de trabalho. Já a agricultura é o ramo de atividade onde eles apresentam pior nível de instrução. Neste setor as crianças costumam se iniciar no mundo do trabalho muito cedo, geralmente ajudando a seus familiares, na empresa doméstica. Além do mais, a freqüência à escola no meio rural costuma ser muito inferior àquela no meio urbano.

Como seria de se esperar, os salários são mais baixos entre os adolescentes que têm os menores níveis de escolaridade e, melhoram progressivamente à medida em que aumenta o nível de escolaridade. Mais de 60% das moças de 15 a 19 anos que trabalham, com dois ou menos anos de escolaridade, ganham menos de 50% do salário mínimo mensal. Na faixa de 15 a 17 anos, os rendimentos ficam em torno de 1,4 salários mínimos. (Crianças & Adolescentes, Indicadores Sociais, Volumes I, II e III, Unicef e IBGE, 1989). São poucos os trabalhadores jovens que possuem um bom nível de estudo. A grande maioria das crianças e adolescentes, participantes do mercado formal no Brasil possuem nível de instrução até a 8ª série completa. O número dos que conseguem ter um diploma de nível de superior, que se caracteriza, pelo menos teoricamente, como uma forma de atingir ocupações de alto nível e agir como um elevador social, é muito pequeno.
Mesmos aqueles que conseguem superar todas as dificuldades e terminar uma faculdade, não tem garantia de empregos. No que se refere ao primeiro emprego após a graduação, verifica-se que o desvio ocupacional (ocupação pouco ou nada relacionada com o curso feito) acontece com frequência. Os motivos principais são: desenvolvimento de interesses diferentes, já que muitos conciliam trabalho e estudo durante o período da faculdade, desempenhando atividades diferentes das que estão estudando; falta de indicação por pessoas influentes que abra as portas do mercado de trabalho e a busca por uma outra atividade que permita maiores oportunidades de ascensão profissional. Os meios pelos quais estes jovens diplomados conseguem ingressar no mercado de trabalho são com mais frequência concurso ou seleção, seguido pelas indicações pessoais (parentes, amigos, professores e profissionais) e o contato direto com o empregador. Já os anúncios, agências e associações profissionais tem papel pouco relevante.
As diferenças entre a teoria da escola nos cursos de forma geral e a prática no mercado de trabalho acabam deixando a escolaridade com um papel mais modesto do que o treinamento em serviço ou estágio na preparação do jovem trabalhador. A procura por jovens com experiência profissional é outro fator que eleva a importância do treinamento em serviço, para obter e aperfeiçoar as habilidades e conhecimentos profissionais. Com isso, uma grande parcela da melhoria do sistema de ensino no país cabe às empresas. É por meio de parceria entre elas e as universidades que se está atualizando a formação acadêmica recebida nos cursos de nível superior. Esta parceria esta se tornando cada vez mais fundamental para a efetivação da qualidade total da formação profissional, garantindo trabalhadores que saibam conjugar aptidão técnica com especulação teórica. Nesse contexto, pode-se entender melhor a importância do estágio. É ele que traz o estudante para uma série de novos desafios a serem vencidos por meio da rearticulação da sua base teórica, sendo uma peça importante no programa de qualidade total da formação profissional. Prevalece entre os alunos do ensino médio a aspiração por cursos técnicos e profissionalizantes. Esses cursos figuram como uma das demandas apresentadas pelas camadas populares para tentar garantir sua inserção no mercado de trabalho. Tanto que, cálculos do IPEA informam que, o Senai, Senac e as escolas técnicas federais teriam, no máximo, lugares para apenas 14% da clientela em potencial (Gomes, Cândido Alberto:1990).

Uma face da realidade da vida moderna para muitos jovens brasileiros, e que não aparece nos dados dos censos e levantamentos, são os meninos de rua. A situação desses jovens é desalentadora. Alguns pesquisadores estimam que há cinco milhões de crianças e adolescentes desabrigados no Brasil. Com base em informações da PNAD de 1984, pode-se estimar mais precisamente que um mínimo de meio milhão de rapazes de áreas urbanas de 15 a 19 anos de idade vivem nas ruas. A maioria dos jovens que foram abandonados por seus pais ou que fugiram de suas famílias para evitarem maus tratos ou fome, trabalham para sobreviver. Embora algumas das atividades desses jovens desabrigados sejam, sem dúvida, criminosas, muitos milhares de jovens passam seus dias engraxando sapatos, vigiando ou lavando carros, vendendo cigarros ou chicletes, ou fazendo pequenos serviços ocasionais para qualquer um que lhes pague um biscate (Adolescentes de Hoje, Pais do Amanhã: Brasil, 1991, Fundação Emílio Odebrecht).

123 comentários:

PROJOVEM JAGUARIBE disse...

o texto é muito interessante, principalmente porque retrata de uma maneira bem justificada a real situação do jovem no mercado de trabalho. Cleudo

carla disse...

O Encontro de hje pode nos revelar aatual situação do trabalho e da forma como pode ser encarado no nosso dia-a-dia.Foram abortados temas como os possíveis trabalhos encontrados no nosso Brasil,e a grande diferença social que ainda podemos presenciar em nosso país.

By:Karrlla Phernnandha
Karllla Lymha

gaara disse...

Esse primeiro paragrafo fala sobre jovens que começaram a trabalhar com 15 a 19 anos de idade ,fala tbm que trabalham por causa das mulheres fala tbm que o número de jovens no mercado de trabalhoé muito pouca e etc...

na aula de hoje eu aprendi que nenhum trabalho é melhor do que o outro ,só tem uma diferença ,é que tem trabalhos que são mais avançados como o trabalho de advogado,médico ebancario eoutros e etc...

Rafael Luiz disse...

O PROJOVEMM DE HJE PODE COMPRENDER MELHOR A FORMAR COM O MERCADO DE TRABALHO NO NOSSO BRASIL PODE SER ENCARADO.A EMOÇAO DO 1°TABALHO CONCERTEZAS SEMPRE MARCARA A VIDA DE QUALQUER JOVEM DE COMUNIDADE HUMILDES AINDA MAIS EM UM PAÍS EM QUE A SITUAÇAO ECONOMICA É DE UM PAÍS DE 3°MUNDO ONDE SOMENTE DERAM VEZES OS MELHORES DOS MELHORES.

bY:RAPHEL VIEIRRA

pretinho disse...

Esse primeiro paragrafo fala sobre jovens que começaram a trabalhar com 15 a 19 anos de idade ,fala tbm que trabalham por causa das mulheres fala tbm que o número de jovens no mercado de trabalhoé muito pouca e etc...

na aula de hoje eu aprendi que nenhum trabalho é melhor do que o outro ,só tem uma diferença ,é que tem trabalhos que são mais avançados como o trabalho de advogado,médico ebancario eoutros e etc...

nabor rafael

telecentrojaguaribe disse...

bom um jovem hoje em dia ele para conseguir um bom trabalho ele tem que ter no minimo o 3 grau completo e curso de compurtaçao e etc...

jefesson

leidiane disse...

esse projovem ele esta muito legal os meus professores adoro eles amei essa ideia do projovem foi muito legal aqui em jaguaribe beiijosssssssssss


leidiane

pipoca disse...

O PROJOVEM HOJE É VALORIZADO PELOS JOVENS TANTO NO ESPORTE COMO NA EDUCAÇÃO DELES MESMOS QUE FAZEM DA CRIATIVIDADE UM MEIO DE VALORIZAR SEUS CONHECIMENTOS...
JAILTON DAMIÃO DA SILVA
FASCILITADOR DO PROJOVEM...

pipoca disse...

NA VERDADE O PROJOVEM ESTA FAVORECENDO VARIA FAMÍLIA QUE SOREM NECESSIDAES NA VIDA COTIDIANA E RETIRANDO JOVENS DAS RUAS E DAS DROGAS VALORIZANDO SUA CAPACIDADE E FINALIDADE DE ELABORAR SEUS CONHECIMENTOS E SUAS ABILIDADES TANTO NO ESPORTE COMO EM SEUS TRABALHOS REALIZADOS DENTRO E FORA DO SEU TELE-CENTRO OU NAS RUAS COM O MEIO AMBIENTE E O LUGAR E QUE ELES MORAM...

ana thais disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ana thais disse...

Aqui no projovem tratamos de assuntos originais e polêmico e damos o nosso ponto de vista sobre o que está acontecendo no momento através dos depoimentos da galera.Alem Disso há uma integração muito legal entre todos.

jocasta disse...

o projoven e um projeto escelente em tudo... pelo que pude avaliar ele incentiva muito aos jovens q realmente querem ser cidadaos de verdade.... o projovem esta de parabens pelo seu desempenho e profissionalismo.

israelane disse...

ISRAELANE eu gosto muito pois e muito legal e eu gosto muito dos meus professores pois estor muito felis de sta no projovem eesto aprendendo muito beijo

mirraylla disse...

NO PROJOVEM PUDE CENHECER VÁRIOS PROJETOS SOCIAIS E TODOS SÃO BEM INTERESSANTES,INFELIZMENTE NÃO POSSO COMENTAR MUITO,POIS FAZ APENAS DOIS DIAS QUE FREQUENTO,MAIS POSSO DIZER QUE ESTOU CADA VEZ MAIS INTERESADA E CURIOSA.

pipoca disse...

COM CERTEZA A CURIOSIDADE DOS JOVENS PELO PROJOVEM ADOLESCENTE ESTA MUITO MAIS VALORIZADOS,ATRAVÉS DOS OUTROS ESPORTES POIS A CAPICIDADE DOS JOVENS NÃO ESTA SÓ NO ESPORTE E SIM NA EDUCAÇÃO DELES E NO FUTURO QUE OS ESPERA...

wesley disse...

O PRO JOVEM PARA MIM É UMA COISA MUITO IMPORTANTE PARA MIM,ELE ME AJUDOU A CONCER COISAS NOVAS,COSAS QUE EU NEM IMAGINAVA QUE EXISTIA.O PRO JOVEM TAMBÉM É UM CURSO PARA O FUTURO E ISSO VAI ME AJUDAR E MUITO NO EU DESENPENHO COMO;A EDUCAÇÃO,O TRABALHO,O ESPORTE E ETC.E EU ESTOU MITO FELIZ POR ISSO,AGRADEÇO A TODOS QUE COMPÕE O PRO JOVEM,UM OBRIGADO PARA TODOS OS PROFESSORES E MEUS COLEGAS.

jean disse...

o projovem pra min e muito bom ele mi achuda muito a mudar a minha vida e nao so pra min como a dos meu coleca ensina muita coisa boa tipo a apredizagem o carader de ser uma boa pessoa educadar e inteligemte a nos todos vamos sequir nele com muita raca a o projovem

jean disse...

o projovem pra min e uma coisa interesader de mais mi achudou desevouver muita coisa boa pra mia o pro meus colecas

edson disse...

O projovem me ajudou na interação com as outras pessoas e consequentemente no trabalho em equipe.

juliana disse...

' Nunca Desista, nunca volte atrás, nunca perca a fé 'O PODER DA CRENÇA PROPORCIONA A HABILIDADE DE VENCER.'

Essa era a frase principal que o filme 'Desafiando Gigantes', que nós assistimos no projovem da ultíma quarta-feira, quiz nos passar.
Nunca deixe dizerem pra você que você é fraco,pequeno ou inferior.
Confie em Deus e nunca perca sua fé.
Você tem o dom de ser lider preciso de vc !!!!!

Diga o que é impossivel pára DEUS? NADA
Seja pessimista e feliz , seja qual for seu problema.


Aluna: Juliana Queiroz :)

natielly disse...

o filme desafiando gigantes nos ajudou a
encarar vários desafio da vida mostrou um
relidade que pessoas enfrentam no seu dia-a -dia como: problemas no casamento,dificuldades financeiras e varias coisas da vida que devemos superar e seguir em frente.
aluna:natiele martins.

projovem 12/09/09

nayanny disse...

NA de terça que foi o firme eu aprendi que nenhum trabalho é melhor do que o outro ,só tem uma diferença ,é que tem trabalhos que são mais avançados como o trabalhos de advogado,médico e outro , e que o esporte tambem e trabalho a grande diferença social que ainda podemos presenciar em nosso país.

NAYANNY.

johnny disse...

Eu adoro o projovem mais o que mais gostei era dos meus amigosssssssssss que hoje não estão com nosco aqui no projovem

Liliane disse...

TRABALHO SOBRE PATATIVA DO ASSARÉ.

Este trabalho é fruto de uma pesquisa bibliográfica e teórica sobre a poesia de Patativa do Assaré; constata que o discurso poético constituído em sua obra aponta para elaboração de uma forma de contestação e resistência diante das desigualdades vivenciadas pelo seu grupo, que toma por referência a religiosidade cristã popular. Como elementos dessa poética resistente ressaltamos a memória, a oralidade, a ressignificação de conceitos instituídos pela ortodoxia da Igreja, bem como a abordagem de temas pertinentes aos membros desse grupo. A interpretação analítica dos poemas tem como referências a teoria literária de Alfredo Bosi. Patativa recorre ao imaginário religioso cristão católico como fonte de sentido e significado, revelando formas típicas à Cultura Popular de compreensão da religiosidade.

natielly disse...

Antônio Gonçalves da Silva, dito Patativa do Assaré, nasceu a 5 de março de 1909 na Serra de Santana, pequena propriedade rural, no município de Assaré, no Sul do Ceará. É o segundo filho de Pedro Gonçalves da Silva e Maria Pereira da Silva. Foi casado com D. Belinha, de cujo consórcio nasceram nove filhos. Publicou Inspiração Nordestina, em 1956, Cantos de Patativa, em 1966. Em 1970, Figueiredo Filho publicou seus poemas comentados Patativa do Assaré. Tem inúmeros folhetos de cordel e poemas publicados em revistas e jornais. Está sendo estudado na Sorbonne, na cadeira da Literatura Popular Universal, sob a regência do Professor Raymond Cantel. Patativa do Assaré era unanimidade no papel de poeta mais popular do Brasil. Para chegar onde chegou, tinha uma receita prosaica: dizia que para ser poeta não era preciso ser professor. 'Basta, no mês de maio, recolher um poema em cada flor brotada nas árvores do seu sertão', declamava.

juliana disse...

' Patativa do Assaré '


Patativa, dono de uma memória extraordinária, sabia de cor todos os seus mais de mil poemas. Ele não burilava seus versos como os poetas de bancada fazem; seus versos e rimas brotavam em sua cabeça como as plantas brotavam em seu roçado. O poema nascia pron­to e exato, redondo, sem precisar de emendas.

mabynha aquino disse...

Patativa do Assaré era o nome artístico (pseudônimo) de Antônio Gonçalves da Silva. Nasceu em 5 de março de 1909, na cidade de Assaré (estado do Ceará). Foi um dos mais importantes representantes da cultura popular nordestina.

Dedicou sua vida a produção de cultura popular (voltada para o povo marginalizado e oprimido do sertão nordestino). Com uma linguagem simples, porém poética, destacou-se como compositor, improvisador e poeta. Produziu também literatura de cordel, porém nunca se considerou um cordelista.

Sua vida na infância foi marcada por momentos difíceis. Nasceu numa família de agricultores pobres e perdeu a visão de um olho. O pai morreu quando tinha oito anos de idade. A partir deste momento começou a trabalhar na roça para ajudar no sustento da família.

Foi estudar numa escola local com doze anos de idade, porém ficou poucos meses nos bancos escolares. Nesta época, começou a escrever seus próprios versos e pequenos textos. Ganhou da mãe uma pequena viola aos dezesseis anos de idade. Muito feliz, passou a escrever e cantar repentes e se apresentar em pequenas festas da cidade.

Ganhou o apelido de Patativa, uma alusão ao pássaro de lindo canto, quando tinha vinte anos de idade. Nesta época, começou a viajar por algumas cidades nordestinas para se apresentou como violeiro. Cantou também diversas vezes na rádio Araripe.

No ano de 1956, escreveu seu primeiro livro de poesias “Inspiração Nordestina”. Com muita criatividade, retratou aspectos culturais importantes do homem simples do Nordeste. Após este livro, escreveu outros que também fizeram muito sucesso. Ganhou vários prêmios e títulos por suas obras, sendo uma das mais conhecidas a Triste Partida.

Patativa do Assaré faleceu no dia 8 de julho de 2002 em sua cidade natal e esse ano de 2009 ele completaria 100 anos. Assim, sua cidade natal homenageia seu filho mais ilustre com comemorações e festividades.

Rafael Luiz disse...

- Prêmio Banco do Nordeste de Cinema – Melhor longa metragem no 17º Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema.

- Hors Concours no 30o. Festival de Cinema de Gramado.

- 1º. Curta Lençóis – junho 2008 - Exibição Especial – Hours Concours

Uma das principais figuras da música nordestina do século xx.

Rafael Luís

marrally disse...

Antônio Gonçalves da Silva, dito Patativa do Assaré, nasceu a 5 de março de 1909 na Serra de Santana, pequena propriedade rural, no município de Assaré, no Sul do Ceará. É o segundo filho de Pedro Gonçalves da Silva e Maria Pereira da Silva. Foi casado com D. Belinha, de cujo consórcio nasceram nove filhos. Publicou Inspiração Nordestina, em 1956, Cantos de Patativa, em 1966. Em 1970, Figueiredo Filho publicou seus poemas comentados Patativa do Assaré. Tem inúmeros folhetos de cordel e poemas publicados em revistas e jornais. Está sendo estudado na Sorbonne, na cadeira da Literatura Popular Universal, sob a regência do Professor Raymond Cantel.



**Marrálly**

joviano junior disse...

Uma das principais figuras da música nordestina do século XX. Segundo filho de uma família pobre que vivia da agricultura de subsistência, cedo ficou cego de um olho por causa de uma doença. Com a morte de seu pai, quando tinha nove anos de idade, passa a ajudar sua família no cultivo das terras. Aos doze anos, freqüenta a escola local, em que é alfabetizado, por apenas alguns meses. A partir dessa época, começa a fazer repentes e a se apresentar em festas e ocasiões importantes. Por volta dos vinte anos recebe o pseudônimo de Patativa, por ser sua poesia comparável à beleza do canto dessa ave. Sendo muito amigo da familia Diniz.

Indo constantemente à Feira do Crato onde participava do programa da rádio Araripe, declamando seus poemas. Numa destas ocasiões é ouvido por José Arraes de Alencar que, convencido de seu potencial, lhe dá o apoio e o incentivo para a publicação de seu primeiro livro, Inspiração Nordestina, de 1956.

jefesson disse...

Patativa Do Assaré – Ave Poesia
Vida e a obra do poeta Patativa do Assaré, destacando a relevância dos seus poemas, o significado político dos seus atos e a sua imensa contribuição à cultura brasileira. Dono de um ritmo poético de musicalidade única, mestre maior da arte da versificação e com um vocabulário que vai do dialeto da língua nordestina aos clássicos da língua portuguesa, Patativa do Assaré é a síntese do saber popular versus saber erudito. No ano de 2001, Patativa do Assaré foi escolhido como um dos mais importantes cearenses do século XX.


Jefesson boys..

forrozeiras disse...

Provisão de recursos humanos

A provisão de recursos humanos envolve o planejamento de RH, o recrutamento, e a seleção de pessoas relacionam-se com o ambiente organizacional devido ao convívio com o mercado de trabalho (oferta e procura) e mercado de recursos humanos (indivíduos aptos para o trabalho). Tais mercados são regulados pela lei da oferta e da procura.
Em plena era do conhecimento, toma-se como base da excelência empresarial o capital humano. A capacidade e sobrevivência das empresas dependem das pessoas agregadas aos seus valores patrimônios para o desenvolvimento tecnológico, mudança e enfrentamento da globalização. Os subsistemas de provisão de recursos humanos providenciam de forma inesgotável valores e talentos humanos capazes de formar o cérebro e o sistema nervoso da empresa moderna. Os subsistemas da Administração de Recursos Humanos (ARH) são cinco etapas de controle e administração interdependentes.
O planejamento de recursos humanos, o recrutamento e a selecção de pessoal são subsistemas da ARH.

Anônimo disse...

RECUSOS HUMANOS

Todos conhecemos pessoas que trabalham em diferentes sectores de actividades. Uns são lavradores ou pescadores (sector primário) outros são operários têxteis ou trabalhadores de construção civil (sector secundário), outros ainda contabilistas ou condutores de camiões ou empregados de distribuição (sector terciário). Todos passaram por um processo de recrutamento e selecção, foram admitidos e agora esperam que o trabalho seja uma actividade compensadora, em termos pessoais e profissionais.


Todas estas pessoas passam uma parte considerável do seu tempo a trabalhar. Não é de surpreender que esperam ser recompensados e retirar satisfação daquilo que fazem. Para alguns, trabalhar é um prazer, para outros uma forma de ganhar a vida. O que as motiva para trabalhar varia entre ter sucesso, ter poder, ter dinheiro, ser estimado ou ajudar os outros. O que as motiva á função da sua personalidade, da sua história familiar ou de outros factores. Cada pessoa é única na sua individualidade e especificidade.


Cabe ao gestor seleccionar empregados com determinadas características, capacidades e competências e coloca-los numa envolvente material, ambiental, social que lhes proporcione a possibilidade de satisfazer alguns desejos ou necessidades.

forrozeiras disse...

RECURSOS HUMANOS

A motivação é importante numa empresa. Os gestores devem compreender o que motiva os seus trabalhadores e ir ao encontro da satisfação dessas necessidades. Trabalhadores motivados tendem a ser mais eficientes e contribuem de forma positiva para o sucesso de uma empresa.


Muitas teorias tentaram explicar o que motiva as pessoas para trabalhar. Um psicólogo americano Abraham Maslow (1908-1970) identificou um conjunto de necessidades que as pessoas tentam satisfazer. Logo que um tipo de necessidade é satisfeito, outro tipo de necessidade aparece para ser satisfeito. Estabelece-se assim uma hierarquia de necessidades que Maslow catalogou da seguinte forma:

Pirâmide de necessidades de Maslow
Yara Raquel

carla disse...

Gestão de recursos humanos


é uma atividade executada pelo departamento de recursos humanos com a finalidade de selecionar, gerir e nortear os colaboradores na direção dos objetivos e metas da empresa.
É chamado recursos humanos ao conjunto dos empregados ou dos colaboradores de uma organização. Mas o mais freqüente deve chamar-se assim à função que ocupa para adquirir, desenvolver, usar e reter os colaboradores da organização.
O objetivo básico que persegue a função de Recursos Humanos (RH) é alinhar as políticas de RH com a estratégia da organização.

ANA JESSICA disse...

Humanos no Brasil
Cezar Antonio Tegon
No Brasil, como em todo o mundo, a atividade realizada pela área de Recursos Humanos vem se transformando a cada dia.
Atualmente, seu principal desafio é acompanhar a evolução na forma como se administram as empresas em uma economia globalizada num mundo ligado pela tecnologia da comunicação.
O modo como se faz Gestão de Recursos Humanos no Brasil está sendo modificado de maneira brusca. Se até bem pouco tempo atrás o foco dos administradores do Departamento de Recursos Humanos estava em realizar atividades burocráticas e de controle, atualmente, a forma como se gerem as Pessoas passou a ser um diferencial estratégico independentemente do porte ou nacionalidade da empresa.
Deste modo o foco do Departamento de RH amplia-se. Além de continuar respondendo por questões de cunho operacional, passa também a ser responsável direto por ajudar a empresa a atrair, reter e desenvolver as pessoas que compõem o seu negócio.
Em muitas empresas brasileiras estas preocupações começam a fazer parte de seu dia a dia, porém, muitas das práticas empregadas no Departamento de RH atendem as necessidades de âmbito operacional. Necessidades que podem ser melhor explicadas pelos acontecimentos históricos que marcaram a relação de trabalho no Brasil, e que, sem dúvida trazem reflexos até os dias de hoje.
A história dos Departamentos de RH no Brasil inicia-se junto a legislação trabalhista na década de 30, com o movimento sindical e a proteção aos trabalhadores que levaram às modificações significativas nas relações de trabalho no Brasil, surgindo naquele momento a proteção social aos trabalhadores.
Já nas décadas de 40 e 50 a intervenção governamental nas relações trabalhistas se acentuaram mostrando às empresas a necessidade de ampliação das funções do Departamento de RH. Todavia, como marco principal nas relações de trabalho, tivemos em 1943, a promulgação da Consolidação das Leis do Trabalho (a CLT, legislação reguladora do trabalho no Brasil). Esta legislação criou a Carteira Profissional, regulamentou horários de trabalho, definiu férias remuneradas, instituiu as Comissões Mistas nas Juntas de Conciliação, estabeleceu as condições de trabalho para menores, entre outras normas.
Nas décadas de 60 e 70, tivemos a promulgação de leis de Segurança no Trabalho, Saúde Ocupacional e Pensões.
Com a constante criação de leis reguladoras por parte do Estado, e a necessidade das empresas implementarem e administrarem estas leis, os Departamentos de RH se tornaram cada vez mais valorizados e informatizados dentro das empresas.
Portanto, quando observamos as atividades que são desenvolvidas pelo Departamento de RH, seja para dar resposta as questões de formulação de políticas de gestão ou para realizar a integração de processos, sistemas e pessoas ao negócio da empresa ou ainda para realizar as atividades de cunho legal e burocrático, verifica-se a necessidade premente do uso intensivo de tecnologia.
A história dos Departamentos de RH no Brasil inicia-se junto a legislação trabalhista na década de 30, com o movimento sindical e a proteção aos trabalhadores que levaram às modificações significativas nas relações de trabalho no Brasil, surgindo naquele momento a proteção social aos trabalhadores.rap

Rafael Luiz disse...

Gestão de pessoas

A Gestão de pessoas é uma atividade a ser executada por todos os gestores de uma organização, contando com o apoio do setor de recursos humanos, com a finalidade de alcançar um desempenho que possa combinar as necessidades individuais das pessoas com as da organização. Apesar da disseminação em tempos recentes dos cursos de gestão de pessoas, tal prática ainda é confundida com uma atividade restrita ao setor de recursos humanos.

O principal modelo de gestão de pessoas atualmente é a Gestão por Competências.


Rafael luís

ANA JESSICA disse...

Humanos no Brasil
Cezar Antonio Tegon
No Brasil, como em todo o mundo, a atividade realizada pela área de Recursos Humanos vem se transformando a cada dia.
Atualmente, seu principal desafio é acompanhar a evolução na forma como se administram as empresas em uma economia globalizada num mundo ligado pela tecnologia da comunicação.
O modo como se faz Gestão de Recursos Humanos no Brasil está sendo modificado de maneira brusca. Se até bem pouco tempo atrás o foco dos administradores do Departamento de Recursos Humanos estava em realizar atividades burocráticas e de controle, atualmente, a forma como se gerem as Pessoas passou a ser um diferencial estratégico independentemente do porte ou nacionalidade da empresa.
Deste modo o foco do Departamento de RH amplia-se. Além de continuar respondendo por questões de cunho operacional, passa também a ser responsável direto por ajudar a empresa a atrair, reter e desenvolver as pessoas que compõem o seu negócio.
Em muitas empresas brasileiras estas preocupações começam a fazer parte de seu dia a dia, porém, muitas das práticas empregadas no Departamento de RH atendem as necessidades de âmbito operacional. Necessidades que podem ser melhor explicadas pelos acontecimentos históricos que marcaram a relação de trabalho no Brasil, e que, sem dúvida trazem reflexos até os dias de hoje.
A história dos Departamentos de RH no Brasil inicia-se junto a legislação trabalhista na década de 30, com o movimento sindical e a proteção aos trabalhadores que levaram às modificações significativas nas relações de trabalho no Brasil, surgindo naquele momento a proteção social aos trabalhadores.
Já nas décadas de 40 e 50 a intervenção governamental nas relações trabalhistas se acentuaram mostrando às empresas a necessidade de ampliação das funções do Departamento de RH. Todavia, como marco principal nas relações de trabalho, tivemos em 1943, a promulgação da Consolidação das Leis do Trabalho (a CLT, legislação reguladora do trabalho no Brasil). Esta legislação criou a Carteira Profissional, regulamentou horários de trabalho, definiu férias remuneradas, instituiu as Comissões Mistas nas Juntas de Conciliação, estabeleceu as condições de trabalho para menores, entre outras normas.
Nas décadas de 60 e 70, tivemos a promulgação de leis de Segurança no Trabalho, Saúde Ocupacional e Pensões.
Com a constante criação de leis reguladoras por parte do Estado, e a necessidade das empresas implementarem e administrarem estas leis, os Departamentos de RH se tornaram cada vez mais valorizados e informatizados dentro das empresas.
Portanto, quando observamos as atividades que são desenvolvidas pelo Departamento de RH, seja para dar resposta as questões de formulação de políticas de gestão ou para realizar a integração de processos, sistemas e pessoas ao negócio da empresa ou ainda para realizar as atividades de cunho legal e burocrático, verifica-se a necessidade premente do uso intensivo de tecnologia.
A história dos Departamentos de RH no Brasil inicia-se junto a legislação trabalhista na década de 30, com o movimento sindical e a proteção aos trabalhadores que levaram às modificações significativas nas relações de trabalho no Brasil, surgindo naquele momento a proteção social aos trabalhadores.
jessica

marrally disse...

Gestão de recursos humanos é uma atividade executada pelo departamento de recursos humanos com a finalidade de selecionar, gerir e nortear os colaboradores na direção dos objetivos e metas da empresa.

É chamado recursos humanos ao conjunto dos empregados ou dos colaboradores de uma organização. Mas o mais freqüente deve chamar-se assim à função que ocupa para adquirir, desenvolver, usar e reter os colaboradores da organização.

O objetivo básico que persegue a função de Recursos Humanos (RH) é alinhar as políticas de RH com a estratégia da organização.

Liliane disse...

Os desafios da força de trabalho em saúde na Europa


O Observatório Europeu sobre Sistemas e Políticas de Saúde lança o livro “A Força de Trabalho em Saúde na Europa: Aprendendo com a Experiência”. A obra investiga as falhas mais críticas sobre os recursos humanos em saúde e sua gestão em nove países europeus. Também examina as políticas colocadas em prática e destaca as áreas-chave, que ainda precisam de intervenções para garantir um efetivo desenvolvimento dos profissionais de saúde.

liliane rock

israelane disse...

Muito se comenta sobre a demissão do Japão devido à crise enquanto tentamos manter o otimismo acreditando que a tão falada crise financeira não trará grandes preocupações aos brasileiros, porém o medo do desemprego com a crise já atinge muitos lares como é o caso dos funcionários da terceira maior fabricante de aviões do mundo. A demissão na Embraer já é uma previsão de dezembro do ano passado quando a empresa anunciou que em janeiro deste ano demitiria em torno de 20% de seu efetivo o que corresponderia a 4.000 funcionários. Desde a ocasião em que foi anunciada a demissão na Embraer que a lista do pessoal que deverá ser dispensado já vem sendo elaborada pelos diferentes departamentos da empresa uma vez que deverá atingir todos os setores, do administrativo ao operacional.

Demissão na Embraer

Demissão na Embraer

Com a crise que abalou o mundo muitas empresas pedem dinheiro ao governo para tentar superar as dificuldades, mas nem tudo se resolve desta maneira. O Sindicato está tentando uma negociação com relação à demissão na Embraer, pois já havia uma pauta enviada a empresa em que era solicitada à redução da jornada de trabalho com a manutenção no emprego e sem redução dos salários ou perda dos direitos dos trabalhadores. Acreditam os sindicalistas que a empresa, pelo grande lucro que teve no ano passado tem atualmente condições da diminuir a jornada de trabalho sem demissão na Embraer, além disso, é a única empresa do setor com uma jornada de trabalho de 43,5 horas semanais. Há pouco houve uma grande crise nos transportes aéreos e como conseqüência, os aviões comerciais atrasavam os vôos gerando uma grande confusão nos aeroportos do país que estavam sempre lotados com pessoas esperando aviões para as mais diferentes partes do mundo.

Trabalho e Demissão na Embraer

Trabalho e Demissão na Embraer

Agora é a vez da empresa fabricante de aviões enfrentarem a crise como tantas outras que estão passando também por dificuldades. Segundo o Sindicato, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva já sabia antecipadamente que a demissão na Embraer era algo eminente e que o número de pessoas destinadas a perder o emprego seria bastante grande, porém o Palácio do Planalto ainda não havia se manifestado sobre o assunto.

Recursos Humanos Embraer

natielly disse...

Os adolescentes de hoje estão mais sujeitos ao contacto com as drogas devido ao ambiente em que estão inseridos, companhias erradas. A isso, acrescente-se a frequente ausência dos pais que assim criam condições favoráveis para que os filhos adolescentes se sintam livres para aventuras deste tipo, sem pensar muito nas consequências que isso lhes trará para a vida. Nesta fase da vida, eles afirmam a sua personalidade: novas descobertas, novo corpo, explosões de emoção e temperamento contribuem para o surgimento de novos e difíceis problemas e procuram nas drogas uma saída para estes problemas. aluna: natielly diga não as drogas!!!!!!!!!!!!!!

israelane disse...

Raízes e utopias do nosso tempo ( versão de trabalho) ( versão de trabalho)


Mendo Castro Henriques

1. O projecto imaginativo e a tensão existencial

A imaginação utópica irrompe quando se constata que o absurdo e a miséria existencial parecem mais fortes que a construção do sentido e da sociedade. Quando o fardo da existência perde sentido e se torna absurdo; quando o imaginário crê possuir o poder de transfigurar utopicamente a existência imperfeita em estado de perfeição; então, a quebra com o sentido vital presente na realidade obriga o utopista a construir uma narrativa imaginária, um projecto de transformação do mundo. Nascem as utopias, boas ou más, esperançosas ou malditas, eutopias ou distopias, em que a impaciência da ordem nova perfeita substitui o amor que reconstrói a ordem presente carregada de imperfeições. Todas as utopias fazem parte do imaginário; mas nem todo o imaginário tem que viver dentro de utopias.

ॐ ~' • R͡σ̲dгigσ disse...

Instinto libertário
Estilhaços de papel e tinta
Espírito revolucionário
Tornaram a poesia distinta

Consciências derrubadas
Por escrita de suor e paixão
Nas palavras conspiradas
Poetas da revolução

Diferentes pela bravura
Visionários da verdade
Sem medo nem amargura
Na prosa cantaram liberdade

Soberbo “Seara Vermelha”
História do latifúndio obstinado
A luta dos sertanejos espelha
Nos olhos de Jorge Amado

Foi ódio e foi amado
Tão bem cantado por tantos
Poeta da raiva, inconformado
Sentido das palavras, Ary dos Santos

Romântico num tempo alheio
De poesia fecunda e desnuda
Poeta de coração cheio
Eterno e audaz Pablo Neruda

Revolta pelo povo aclamada
Que Cuba evocou para si
Poetas da Sierra Maestra e Moncada
Mártires, Guillén e José Marti

Gratidão dos povos merecem
Pelo olhar vasto e profundo
Nas mensagens que não perecem
Poetas de todo o mundo!
Cecîm

ॐ ~' • R͡σ̲dгigσ disse...

Empreendorismo no Brasil

No Brasil, o empreendorismo começou a ganhar na década de 1990, durante a abertura da economia.
A entrada de produtos importados ajudou a controlar os preços, uma condição importante para o país voltar a crescer, mas trouxe problemas para alguns setores que não conseguiam competir com os importados, como foi o caso dos setores de brinquedos e de confecçoes, por exemplo. Para ajustar o passo com o resto do mundo, o país precisou mudar. Empresas de todos os tamanhos e setores tiveram que se mordenizar para poder competir e voltar a crescer. O governo deu inicio a uma série de reformas, planejamento e respeito. A economia voltou a crescer. Só no ano 2000, surgiu um milhão de novos postos de trabalho.
By Cecîm ;}

israelane disse...

A força da utopia


NOME ;ISRAELANE DE SOUSA ARAUJO
DATA;08 DE OTUBRO DE 2009
PROJOVEM

Alguem poderia se peruntar ,um tanto assustado , por que um capitolo sobre utopia num livro que trata de sociologia? Muito serao levados a pasar assim :Sociologia estuda o fato social o que acontese ou acontese :utopia ,pelo que se sabe tem a ver comalgo imaginario futurista ,sonhador : Utopia parese ate ser o comtrario de sociologia
Pois é exatamente esse ponto que nos vamos tentar mostra o quanto nossa cabeça esta feita pelos outros e o quanto da ideologia nos já engolimos.vamos por partes,para podermos penetrar nessa problematica vida.
Nós senpre fomos ensinados ,desde que comesamos a ver ea ouvir , que a realidader é o que esta ai , o que nos vemos o que nos podemos apalpa o que exite é isso que e realidade.

israelane disse...

O Dia das Crianças no Brasil foi "inventado" por um político. O deputado federal Galdino do Valle Filho teve a idéia de criar um dia em homenagem às crianças na década de 1920.

Na década de 1920, o deputado federal Galdino do Valle Filho teve a idéia de
"criar" o dia das crianças. Os deputados aprovaram e o dia 12 de outubro foi
oficializado como Dia da Criança pelo presidente Arthur Bernardes, por meio do decreto nº 4867, de 5 de novembro de 1924.

Mas somente em 1960, quando a Fábrica de Brinquedos Estrela fez uma promoção conjunta com a Johnson & Johnson para lançar a "Semana do Bebê Robusto" e aumentar suas vendas, é que a data passou a ser comemorada. A estratégia deu certo, pois desde então o dia das Crianças é comemorado com muitos presentes!

Logo depois, outras empresas decidiram criar a Semana da Criança, para aumentar as vendas. No ano seguinte, os fabricantes de brinquedos decidiram escolher um único dia para a promoção e fizeram ressurgir o antigo decreto.
A partir daí, o dia 12 de outubro se tornou uma data importante para o setor de brinquedos.

israelane disse...

No dia 12 de outubro, comemoram-se três datas, embora poucos lembrem-se de
todas elas: Nossa Senhora Aparecida, padroeira oficial do Brasil, o Dia das Crianças e o Descobrimento da América. Nosso feriado nacional, no entanto, deve-se somente à primeira data, e, embora a devoção à santa remonte aos idos do século XVIII, só foi decretado em 1980.

Há duas fontes sobre o achado da imagem, que se encontram no Arquivo da Cúria Metropolitana de Aparecida e no Arquivo Romano da Companhia de Jesus, em Roma.

Segundo estas fontes, em 1717 os pescadores Domingos Martins García, João Alves e Filipe Pedroso pescavam no rio Paraíba, na época chamado de rio Itaguaçu. Ou melhor, tentavam pescar, pois toda vez que jogavam a rede, ela voltava vazia, até que lhes trouxe a imagem de uma santa, sem a cabeça. Jogando a rede uma vez mais, um pouco abaixo do ponto onde haviam pescado a santa, pescaram, desta vez, a cabeça que faltava à imagem e as redes, até então vazias, passaram a voltar ao barco repletas de peixes. Esse é considerado o primeiro milagre da santa. Eles limparam a imagem apanhada no rio e notaram que se tratava da imagem de Nossa Senhora da Conceição, de cor escura.

Durante os próximos 15 anos, a imagem permaneceu com a família de Felipe
Pedroso, um dos pescadores, e passou a ser alvo das orações de toda a comunidade. A devoção cresceu à medida que a fama dos milagres realizados pela santa se espalhava. A família construiu um oratório, que, logo constatou-se, era pequeno para abrigar os fiéis que chegavam em número cada vez maior. Em meados de 1734, o vigário de Guaratinguetá mandou construir uma capela no alto do Morro dos Coqueiros para abrigar a imagem da santa e receber seus fiéis. A imagem passou a ser chamada de Aparecida e deu origem à cidade de mesmo nome.

Em 1834 iniciou-se a construção da igreja que hoje é conhecida como Basílica Velha. Em 06 de novembro de 1888, a princesa Isabel visitou pela segunda vez a basílica e deixou para a santa uma coroa de ouro cravejada de diamantes e rubis, juntamente com o manto azul. Em 8 de setembro de 1904 foi realizada a solene coroação da imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida e, em 1930, o papa Pio XI decreta-a padroeira do Brasil, declaração esta reafirmada, em 1931, pelo presidente Getúlio Vargas.

A construção da atual Basílica iniciou-se em 1946, com projeto assinado pelo
Engenheiro Benedito Calixto de Jesus. A inauguração aconteceu em 1967, por ocasião da comemoração do 250.º Aniversário do encontro milagroso da imagem,
ainda com o templo inacabado. O Papa Paulo VI ofertou à santa uma rosa de ouro, símbolo de amor e confiança pelas inúmeras bênçãos e graças por ela concedidas. A partir de 1950 já se pensava na construção de um novo templo mariano devido ao crescente número de romarias. O majestoso templo foi consagrado pelo Papa, após mais de vinte e cinco anos de construção, no dia 4 de julho de 1980, na primeira visita de João Paulo II ao Brasil.

A data comemorativa à Nossa Senhora Aparecida (aniversário do aparecimento
da imagem no Rio) foi fixada pela Santa Sé em 1954, como sendo 12 de outubro, embora as informações sobre tal data sejam controversas. É nesta época do ano que a Basílica registra a presença de uma multidão incontável de fiéis, embora eles marquem presença notável durante todo ano.

A imagem encontrada e até hoje reverenciada é de terracota e mede 40 cm de
altura. A cor original foi certamente afetada pelo tempo em que a imagem esteve mergulhada na água do rio, bem como pela fumaça das velas e dos candeeiros que durante tantos anos foram os símbolos da devoção dos fiéis à santa.

ANA JESSICA disse...

a crise financeira não trará grandes preocupações aos brasileiros, porém o medo do desemprego com a crise já atinge muitos lares como é o caso dos funcionários da terceira maior fabricante de aviões do mundo. A demissão na Embraer já é uma previsão de dezembro do ano passado quando a empresa anunciou que em janeiro deste ano demitiria em torno de 20% de seu efetivo o que corresponderia a 4.000 funcionários. Desde a ocasião em que foi anunciada a demissão na Embraer que a lista do pessoal que deverá ser dispensado já vem sendo elaborada pelos diferentes departamentos da empresa uma vez que deverá atingir todos os setores, do administrativo ao operacional.

Demissão na Embraer

Demissão na Embraer

Com a crise que abalou o mundo muitas empresas pedem dinheiro ao governo para tentar superar as dificuldades, mas nem tudo se resolve desta maneira. O Sindicato está tentando uma negociação com relação à demissão na Embraer, pois já havia uma pauta enviada a empresa em que era solicitada à redução da jornada de trabalho com a manutenção no emprego e sem redução dos salários ou perda dos direitos dos trabalhadores. Acreditam os sindicalistas que a empresa, pelo grande lucro que teve no ano passado tem atualmente condições da diminuir a jornada de trabalho sem demissão na Embraer, além disso, é a única empresa do setor com uma jornada de trabalho de 43,5 horas semanais. Há pouco houve uma grande crise nos transportes aéreos e como conseqüência, os aviões comerciais atrasavam os vôos gerando uma grande confusão nos aeroportos do país que estavam sempre lotados com pessoas esperando aviões para as mais diferentes partes do mundo.

Trabalho e Demissão na Embraer

Trabalho e Demissão na Embraer

Agora é a vez da empresa fabricante de aviões enfrentarem a crise como tantas outras que estão passando também por dificuldades. Segundo o Sindicato, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva já sabia antecipadamente que a demissão na Embraer era algo eminente e que o número de pessoas destinadas a perder o emprego seria bastante grande, porém o Palácio do Planalto ainda não havia se manifestado sobre o assunto.

Recursos Humanos Embraer

29 de Setembro de 2009 10:14
Blogger natielly ass anagessica

lucivania disse...

Dia 12 de outro comemoramos o dia das crianças,é uma data muito especial para todas elas onde ela ganham presentes e passam o dia com a familia.
Muitas delas não ganham presentes por falta de condições, mais só em passar o dia com os pais elas já se sentem realizadas

nayanny disse...

Toda criança o mundo
Deve ser bem protegida
Contra os rigores do tempo
Contra os rigores da vida.

Criança tem que ter nome
Criança tem que ter lar
Ter saúde e não ter fome
Ter segurança e estudar.

Não é questão de querer
Nem questão de concordar
Os diretos das crianças
Todos tem de respeitar.

Tem direito à atenção
Direito de não ter medos
Direito a livros e a pão
Direito de ter brinquedos.

Mas criança também tem
O direito de sorrir.
Correr na beira do mar,
Ter lápis de colorir


NAYANNY...

nayanny disse...

DIAS DAS CRIANÇAS

Dizes que sou o futuro,
Não me desampares no presente.
Dizes que sou a esperança da paz,
Não me induzas à guerra.

Dizes que sou a promessa do bem,
Não me confies ao mal.

Dizes que sou a luz dos teus olhos,
Não me abandones ás trevas.

Não espero somente o teu pão,
Dá-me luz e entendimento.

Não desejo tão só a festa do teu carinho,
Suplico-te amor com que me eduques.

Não te rogo apenas brinquedos,
Peço-te bons exemplos e boas palavras.

Não sou simples ornamento de teu carinho,
Sou alguém que te bate à porta em nome de Deus.


YARA

israelane disse...

O Dia do Professor é comemorado no dia 15 de outubro. Mas poucos sabem como e quando surgiu este costume no Brasil.

No dia 15 de outubro de 1827 (dia consagrado à educadora Santa Tereza D’Ávila), D. Pedro I baixou um Decreto Imperial que criou o Ensino Elementar no Brasil. Pelo decreto, “todas as cidades, vilas e lugarejos tivessem suas escolas de primeiras letras”. Esse decreto falava de bastante coisa: descentralização do ensino, o salário dos professores, as matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados. A idéia, inovadora e revolucionária, teria sido ótima - caso tivesse sido cumprida.

Mas foi somente em 1947, 120 anos após o referido decreto, que ocorreu a primeira comemoração de um dia dedicado ao Professor.

Começou em São Paulo, em uma pequena escola no número 1520 da Rua Augusta, onde existia o Ginásio Caetano de Campos, conhecido como “Caetaninho”. O longo período letivo do segundo semestre ia de 01 de junho a 15 de dezembro, com apenas 10 dias de férias em todo este período. Quatro professores tiveram a idéia de organizar um dia de parada para se evitar a estafa – e também de congraçamento e análise de rumos para o restante do ano.

O professor Salomão Becker sugeriu que o encontro se desse no dia de 15 de outubro, data em que, na sua cidade natal, professores e alunos traziam doces de casa para uma pequena confraternização. Com os professores Alfredo Gomes, Antônio Pereira e Claudino Busko, a idéia estava lançada, para depois crescer e implantar-se por todo o Brasil.

A celebração, que se mostrou um sucesso, espalhou-se pela cidade e pelo país nos anos seguintes, até ser oficializada nacionalmente como feriado escolar pelo Decreto Federal 52.682, de 14 de outubro de 1963.

NAYANNY_GATINHA@HOTMAIL.COM disse...

Homenagem ao dia do professor.

As bolas de papel na cabeça,
Os inúmeros diários para se corrigir,
As críticas, as noites mal dormidas...
Tudo isso não foi o suficiente
Para te fazer desistir do teu maior sonho:
Tornar possíveis os sonhos do mundo.

Que bom que esta tua vocação
Tem despertado a vocação de muitos.
Parece injusto desejar-te um feliz dia dos professores,
Quando em seu dia-a-dia
Tantas dificuldades acontecem.
A rotina é dura, mas você ainda persiste.
Teu mundo é alegre, pois você
Consegue olhar os olhos de todos os outros
E fazê-los felizes também.

Você é feliz, pois na tua matemática de vida,
Dividir é sempre a melhor solução.
Você é grande e nobre, pois o seu ofício árduo lapida
O teu coração a cada dia,
Dando-te tanto prazer em ensinar.

Homenagens, frases poéticas,
Certamente farão parte do seu dia a dia,
E quero de forma especial, relembrar
A pessoa maravilhosa que você é
E a importância daquilo do seu ofício.
É por isto que você merece esta homenagem
Hoje e sempre, por aquilo que você é
E por aquilo que você faz.

Felicidades !!!
Autor: (Desconhecido)

Ao mestre com carinho

Ao longo de tua caminhada
tu guiaste nosso caminho…
Mostraste-nos a cada momento compreensão,
luta, paciência, inteligência e dedicação.
E diante disso
carregamos juntos na bagagem da vida o ensinamento eterno.
Nesse dia especial desejamos: sucesso e
que a tua estrela continue sempre brilhando…

Obrigado professor!


NAYANNYY.

gaara disse...

dia dos professores e dia das crianças...............................


Nos dia 1,2 e 15 de outubro, respectivamente, comemora-se o “Dia da Criança” e o “Dia do Professor” ou “Dia do Mestre”. E este post é em homenagem a todas as crianças e todos os professores, mas em especial às crianças, aos adolescentes, adultos com espírito de criança e aos professores que formam a comunidade escolar do CIESP Diogo Levenhagen, em Volta Redonda. O CIESP é um Centro Integrado de Educação Especial, que faz o apoio pedagógico especializado para as pessoas com necessidades educacionais especiais. É um lugar muito especial porque lá transborda diversidade e diferença, lá há encontro, há cumplicidade, há reconhecimento, há respeito à individualidade dessas pessoas. Há muita dificuldade também, como em qualquer outra escola, mas alunos e professores as enfrentam com muita garra e alegria. Por isso imaginei este post de homenagem bem juntinho.
Qualquer dia desses vou postar sobre um assunto relacionado a este, que é o fato de todas as pessoas com deficiência mental serem consideradas e tratadas como criança. Por terem idade mental diferente da idade cronológica, são tratadas a vida inteira como crianças. É um equívoco freqüentemente cometido e que precisamos lutar para que mude. Mas agora, só queria mesmo dar os PARABÉNS às CRIANÇAS e aos PROFESSORES e desejar que a cada ano essas datas sejam comemoradas com mais e mais qualidade no nosso ensino e que muito breve ele seja realmente para TODOS.

Thais disse...

Ser Mestre

Tarefa que exige abnegação,
tarefa que é feita com o coração!
Nos dias cansados, nas noites de angústia,
nas horas de fardo, de tamanha luta,
chegamos até a questionar:
Será, Deus, que vale a pena ensinar?
Mas bem lá dentro responde uma voz,
a que nos entende e fala por nós,
a voz da nossa alma, a voz do nosso eu:
- Vale sim, coragem!
Você ensinando, aprende também.
Você ensinando, faz bem a alguém,
e vai semeando nos alunos seus,
um pouco de PAZ e um tanto de Deus!

Thais disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thais disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thais disse...

Esperança de Criança

Um lugar onde reine a paz
É o desejo de toda criança
Pois em seu coração
Exite muita esperança

Detestam brigas
E da guerra elas têm horror
Pois o que querem na verdade
É que prevaleça o amor

Pulam,brincam
São cheias de energia
Não tem obrigações
Vivem é de alegria

Sua principal beleza
Está em sua pureza
Vivem a amar
Com a esperaça em seu olhar


Thaís Campos

nalecio disse...

O que é cultura?

Por Tiago Dantas

É comum dizermos que uma pessoa não possui cultura quando ela não tem contato com a leitura, artes, história, música, etc. Se compararmos um professor universitário com um indivíduo que não sabe ler nem escrever, a maior parte das pessoas chegaria à conclusão de que o professor é “cheio de cultura” e o outro, desprovido dela. Mas, afinal, o que é cultura?

Para o senso comum, cultura possui um sentido de erudição, uma instrução vasta e variada adquirida por meio de diversos mecanismos, principalmente o estudo. Quantas vezes já ouvimos os jargões “O povo não tem cultura”, “O povo não sabe o que é boa música”, “O povo não tem educação”, etc.? De fato, esta é uma concepção arbitrária e equivocada a respeito do que realmente significa o termo “cultura”.

Não podemos dizer que um índio que não tem contato com livros, nem com música clássica, por exemplo, não possui cultura. Onde ficam seus costumes, tradições, sua língua?

O conceito de cultura é bastante complexo. Em uma visão antropológica, podemos o definir como a rede de significados que dão sentido ao mundo que cerca um indivíduo, ou seja, a sociedade. Essa rede engloba um conjunto de diversos aspectos, como crenças, valores, costumes, leis, moral, línguas, etc.

Nesse sentido, podemos chegar à conclusão de que é impossível que um indivíduo não tenha cultura, afinal, ninguém nasce e permanece fora de um contexto social, seja ele qual for. Também podemos dizer que considerar uma determinada cultura (a cultura ocidental, por exemplo) como um modelo a ser seguido por todos é uma visão extremamente etnocêntrica.

joviano junior disse...

São práticas e ações sociais que seguem um padrão determinado no espaço/tempo. Se refere a crenças, comportamentos, valores, instituições, regras morais que permeiam e "preenchem" a sociedade. Explica e dá sentido a cosmologia social, é a identidade própria de um grupo humano em um território e num determinado período.

nalecio disse...

O que é cultura?

Por Tiago Dantas

É comum dizermos que uma pessoa não possui cultura quando ela não tem contato com a leitura, artes, história, música, etc. Se compararmos um professor universitário com um indivíduo que não sabe ler nem escrever, a maior parte das pessoas chegaria à conclusão de que o professor é “cheio de cultura” e o outro, desprovido dela. Mas, afinal, o que é cultura?

Para o senso comum, cultura possui um sentido de erudição, uma instrução vasta e variada adquirida por meio de diversos mecanismos, principalmente o estudo. Quantas vezes já ouvimos os jargões “O povo não tem cultura”, “O povo não sabe o que é boa música”, “O povo não tem educação”, etc.? De fato, esta é uma concepção arbitrária e equivocada a respeito do que realmente significa o termo “cultura”.

Não podemos dizer que um índio que não tem contato com livros, nem com música clássica, por exemplo, não possui cultura. Onde ficam seus costumes, tradições, sua língua?

O conceito de cultura é bastante complexo. Em uma visão antropológica, podemos o definir como a rede de significados que dão sentido ao mundo que cerca um indivíduo, ou seja, a sociedade. Essa rede engloba um conjunto de diversos aspectos, como crenças, valores, costumes, leis, moral, línguas, etc.

Nesse sentido, podemos chegar à conclusão de que é impossível que um indivíduo não tenha cultura, afinal, ninguém nasce e permanece fora de um contexto social, seja ele qual for. Também podemos dizer que considerar uma determinada cultura (a cultura ocidental, por exemplo) como um modelo a ser seguido por todos é uma visão extremamente etnocêntrica.

pipoca disse...

As várias
maneiras de entender o que é cultura derivam de um conjunto comum de preocupações que podemos localizar em duas concepções básicas.
A primeira dessas concepções preocupa-se com todos os aspectos de uma realidade social. Assim, cultura diz respeito a tudo aquilo que caracteriza a existência social de um povo ou nação, ou então de grupos no interior de uma sociedade. Podemos assim falar na cultura francesa ou na cultura xavante. Do mesmo modo falamos na cultura camponesa ou então na cultura dos antigos astecas. Nesses casos cultura refere-se a realidades sociais bem distintas.

alunas:natiele e juliana
projovem tarde

joviano junior disse...

Detritos espaciais, também denominados genericamente lixo espacial, são objetos criados pelos humanos e que se encontram em órbita ao redor da Terra, mas que não desempenham mais nenhuma função útil, como por exemplo as diversas partes e dejetos de naves espaciais deixados para trás quando do seu lançamento. Tanto podem ser peças pequenas, como ferramentas e luvas — a exemplo de uma perdida por Neil Armstrong na missão Gemini VIII em 1966[2] — ou estágios de foguetes e satélites desativados[3] que congestionam o espaço em volta da Terra — como exemplo, os antigos satélites soviéticos RORSAT[4] — e que causam risco de acidentes graves, tanto em órbita (pelo risco de possíveis colisões), quanto numa possível reentrada de tais detritos na atmosfera terrestre.

carlla disse...

Consumismo gera lixo
Se você pensa que o efeito do consumismo diz respeito apenas a sua própria vida, se engana. O planeta inteiro é afetadoÍcones de hoje, os eletrônicos também estão entre os primeiros itens de descarte. A vida de um eletrônico não termina quando nos desfazemos dele. A partir desse ponto, ele traça uma trajetória que pode interferir mais na vida do que quando estava em nossa estante. Quem joga luz nessa questão é Ângela Cássia Rodrigues, da FGVOnline, que estuda a questão do lixo eletrônico há décadas.

joviano junior disse...

Os detritos espaciais tornaram-se uma crescente preocupação nos últimos anos pelo fato de que colisões na velocidade orbital podem ser altamente danosas ao funcionamento de satélites, pondo também em risco astronautas em atividades extraveiculares; além disso, essas colisões provocam as condições para que ocorra a chamada síndrome de Kessler.
por : eirles

carlla disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
carlla disse...

Cinco conselhos para cuidar do meio ambiente
1

Prefira os produtos que digam "biodegradável" na etiqueta ou embalagem.

2

Evite os aerossóis porque eles contêm CFCs (clorofluorcarbonos), que destroem a camada de ozônio.

3

Evite produtos agressivos como limpadores de forno e ácidos para desentupir o banheiro, que impedem os processos biológicos de tratamento da água.

4

Não consuma comida pré-cozida, já que ela costuma ter muitos conservantes e aditivos, prejudiciais para a sua saúde.

5

Procure não comprar produtos com PVC, já que eles liberam dioxinas quando são incinerados.

joviano junior disse...

Se você quer ajudar a cuidar do planeta, comece analisando as suas atitudes mais simples do dia-a-dia. Fazer as compras é uma boa oportunidade para escolher artigos que, pelo processo de produção ou pelo tipo de embalagem, contribuem para preservar a natureza. Veja esses conselhos e faça a sua parte.

carlla disse...

cinco maneiras de cuidar do meio ambiente
1

Prefira os produtos que digam "biodegradável" na etiqueta ou embalagem.

2

Evite os aerossóis porque eles contêm CFCs (clorofluorcarbonos), que destroem a camada de ozônio.

3

Evite produtos agressivos como limpadores de forno e ácidos para desentupir o banheiro, que impedem os processos biológicos de tratamento da água.

4

Não consuma comida pré-cozida, já que ela costuma ter muitos conservantes e aditivos, prejudiciais para a sua saúde.

5

Procure não comprar produtos com PVC, já que eles liberam dioxinas quando são incinerados.

joviano junior disse...

Esse texto demorou pra sair, exatamente porque a etapa final do ciclo do lixo eletrônico parece ser a mais difícil de se lidar. Nos textos anteriores eu falei sobre as possibilidades de consumo consciente e reaproveitamento que, de uma forma ou de outra, demandam pouco mais do que informação e vontade de fazer.
por eirles e joviano

carlla disse...

lixo eletrônico (termo que não deve ser confundido com spam), é o nome dado aos resíduos resultantes da rápida obsolescência de equipamentos eletrônicos (o que inclui televisores, telemóveis, computadores, geladeiras e outros dispositivos).

Tais resíduos, descartados em lixões, constituem-se num sério risco para o meio ambiente, pois possuem em sua composição metais pesados altamente tóxicos, tais como mercúrio, cádmio, berílio e chumbo Em contato com o solo, estes produtos contaminam o lençol freático; se queimados, poluem o ar. Além disso, causam doenças graves em catadores que sobrevivem da venda de materiais coletados nos lixões.

jefferson disse...

Reciclagem

A reciclagem consiste em separar os materiais que compõem um objeto e prepará-los para serem usados novamente como matéria-prima dentro do processo industrial. Nem sempre a reciclagem se destina à reinserção dentro do mesmo ciclo produtivo: um computador reciclado pode gerar materiais que vão ser utilizados em outras indústrias.

Durante a elaboração do estudo sobre lixo eletrônico, descobrimos que a princípio existem pouquíssimas empresas no Brasil que realizam todo o processo de separação e preparação de materiais para a reciclagem. Um dos entrevistados falou que "O material é separado e os resíduos perigosos são enviados para refinarias fora do Brasil. Existem apenas 4 grandes empresas no mundo." Ainda segundo esse entrevistado, os materiais de maior valor são os metais preciosos das placas de circuito. Também afirmou que praticamente não existe mão de obra especializada na área no Brasil, e eles precisam capacitar a força de trabalho dentro da própria empresa.

israelane disse...

OS EFEUTOS DO LIXO EM NOSSA VIDAA circulação da informação... ou a propósito do lixo informativo (ou de outro carácter)
GVPinheiro gvpinheiro netcabo.pt
Sábado, 14 de Março de 2009 - 11:14:47 WET

* Mensagem anterior: [ARENA] A circulação da informação, ou o seu excesso!
* Mensagem seguinte: [ARENA] A circulação da informação, ou o seu excesso!
* Mensagens ordenadas por: [ data ] [ tópico ] [ assunto ] [ autor ]

Sim, claro, pôr no lixo...

OK, e os, afinal não tão sustentáveis, "clicks"? reverberação de KWts
de energia (muito para além da nossa conta da luz), desviantes
efeitos sobre o tal espaço mental (saudável ou menos); o subtil
stress acumulado nos tendões do corpo, a imparável multiplicação de
triliões de inúteis bytes que replicam as nossas vidas vorazmente ...
bom, a separação dos lixos será sem dúvida uma boa ideia (na verdade
não é sequer uma ideia. antiga e esquecida prática, recentemente
recuperada no pânico da perda das matérias primas ou na descoberta do
lucro em potência das já utilizadas...) mas então a separação,
ilusório remédio, apaziguar de consciências ou mascarar de
consequências (acaso sabemos quanto e quem lucra com os nossos
diligentes gestos ecológicos? ou qual o real destino químico (repito
químico) de todos os restos (o que sobra das lavagens da ppasta de
papel impresso p.ex.)? e por aí fora. Mas isto, parecido embora com
aquela invisibilidade dos fundos que movem fundações, empresas e
países inteiros, seria uma outra história... ou talvez não).

israelane disse...

COMO CIDA DO MEIO AMBIENTE Cuidar do Meio Ambiente

imagens/11.jpg

Nosso planeta é muito grande e tem mais de seis bilhões de pessoas, umas diferentes das outras. Todos nós temos uma série de direitos para nos proteger e ao mesmo tempo deveres a cumprir.

Fazer valer nossos direitos e agir de acordo com nossos deveres é o que nos torna cidadãos. Mas o ser humano só chegou a essa situação à medida em que foi percebendo que precisava viver junto com outras pessoas, em sociedade.

A vida em sociedade exige o cumprimento de certas regras. Respeitar as outras pessoas, suas escolhas e opiniões é uma delas. Jogar lixo nos lugares apropriados, preservar a natureza também são deveres de todos nós: é a consciência universal sobre a importância do cuidado com as pessoas e com o meio ambiente.

israelane disse...

LIXO ELETRONICOO Coletivo Lixo Eletrônico agradece a todos os que colaboraram com o manifesto a favor da inclusão dos eletrônicos no projeto de lei (PL 203/91) que irá definir a Política Nacional de Resíduos Sólidos. O Grupo de Trabalho responsável pela análise do projeto voltou atrás e colocou os equipamentos eletro-eletrônicos e as lâmpadas fluorescentes como produtos de coleta obrigatória por parte dos fabricantes.

Anônimo disse...

O efeito do hoje em nossas vidas

Este é um momento para reflexões sobre o ano que se encerra e também para nos projetar ao ano novo de 2008. É importante reservarmos um tempo para pensar e, mesmo que seja o mínimo para medirmos os resultados alcançados e o que ficou pra traz, pois sem a medida do sucesso não é possível vibrar os resultados. O balanço das nossas realizações, nos da mais autonomia e gana para conduzirmos com mais assertividade os próximos passos a seguir. Não precisamos ter cem por cento de realizações, nem o conseguiremos, pois os nossos desejos são ilimitados. O mais importante é que possamos vibrar com as pequenas vitórias do dia a dia, ou seja, do Hoje, pois a vida nada mais é do que o Hoje e Agora, o futuro quando chegar também será Hoje. Como vivemos projetados no tempo passado ou no futuro, muitas vezes sofremos a pelo não realizado ou deixamos a preocupação com o futuro nos roubar Hoje. Todos poderão receber em algum momento uma recompensa mor, pela suas realizações, e ela é a somatória de dias de vitórias2312

Anônimo disse...

Cuidar do Meio ambiente - Uma prática cidadã

O que é ser um cidadão? Entre outras coisas, é respeitar os outros; em casa na rua ou na escola e lutar pêlos direitos de receber educação, alimentação, saúde e moradia. As conquistas desses direitos e das melhorias das condições de vida tem sido um grande desafio , exigindo a dedicação de várias pessoas ao redor do mundo. Mesmo não sendo uma missão fácil, com o esforço de cada um de nós em exercer a cidadania pode ser possível a construção de um mundo melhor e mais humano.

Um outro ponto para nossa reflexão: O que é cidadania? Nosso planeta é muito grande e tem mais de 6 milhões de pessoas, umas diferentes das outras. Todos nós temos uma série de direitos para nos proteger e ao mesmo tempo deveres a cumprir. Fazer valer nossos direitos e agir de acordo com nossos deveres é o que nos torna cidadãos. Mas o ser humano só chegou a essa situação a medida que foi percebendo que precisava viver junto com outras pessoas, em sociedade. A vida em sociedade exige o cumprimento de certas regras, que são os deveres. Afinal, do mesmo modo que têm direitos, todas as pessoas têm também obrigações. Respeitar as outras pessoas, suas escolhas e opiniões é uma delas.. Jogar lixo nos lugares apropriados, preservar a natureza também são deveres de todos nós.

No Antigo Testamento a justiça (sedaqad) e o direito (michipat) não andam sozinhas, com eles caminha: a fidelidade, a fé, a confiança, a bondade, a graça, a honradez, a correção, a paz, a vida plena, o estatuto, a instrução e a integridade.

O povo de Deus no Antigo Testamento, estava visivelmente preocupado com a presença da justiça no dia-a-dia. Para eles e elas a implementação da ordem do mundo acontecia através da sedaqad (justiça), michipat (direito), hesed (bondade), emunah (fidelidade), chalom (paz, vida plena), aplicados em cada âmbito da sociedade. A preocupação com a justiça foi comum aos historiadores, sábios, legisladores, profetas e o povo simples que experimentavam a fé, seja no culto, seja nas crises do dia-a-dia.

Anônimo disse...

Legislação

Temos acompanhado aqui pelo Lixo Eletrônico o lento processo da aprovação da política brasileira de resíduos sólidos. O projeto em andamento no Congresso trata o lixo eletrônico como resíduo reverso, responsabilizando os fabricantes pelo manejo antes da disposição final. É natural que esse tipo de iniciativa enfrente grande resistência, em especial por parte da própria indústria - afinal é ela quem tem que arcar com os custos e a logística. Mas é extremamente necessário para tirar o atraso em que a legislação brasileira se encontra sobre o assunto, e para oferecer uma solução para um problema que cresce a cada ano (e tende a crescer cada vez mais).

Como referência, a norma européia, chamada WEEE, restringe o uso de algumas substâncias tóxicas na produção, e prevê que só haja três destinos possíveis para o lixo eletrônico: reciclagem, incineração ou exportação.

A exportação, aliás, é potencialmente outro problema: ela tende a gerar em países como a China, a Índia e o Quênia o fenômeno chamado "mineração urbana", em que pessoas em regime de trabalho precário, ganhando pouco e sem observar medidas de segurança, extraem os componentes preciosos do lixo eletrônico e se desfazem do resto. Não deixa de ser uma oportunidade pensar em estimular esse tipo de atuação, desde que seja devidamente regulamentada. Já a reciclagem e a incineração também podem vir a ser problemáticas se não houver suficiente fiscalização ambiental e trabalhista.
yara

nayanny disse...

EMPREGAER-SE E MANTER-SE EMPREGADO.

DICAS DE CURRÍCULO.

O cuirriculo é a propaganda do trabalhador , por isso deve contar sua historia proficsional destacando suas habilidade e realizaços.A mensagem deve ser clara e breve , para que o empregador entre em contato rapidmente com as qualidade do canditato.
UM curriculo bem elaborado deve , ainda destacarse perante a pilha de outros curriculoas na qual estará inserido , por que não é uma tarefa facil prepará .Existem inúmeros empresas especializadas, mas o candidato atento também pode elaborar seu próprio curriculo.

NAYANNYY.

carlla disse...

Fundamental para a vida em nosso planeta, a água tem se tornado uma preocupação em todas as partes do mundo. O uso irracional e a poluição de rios, oceanos, mares e lagos, podem ocasionar, em breve, a falta de água doce, caso não ocorra uma mudança drástica na maneira com que o ser humano usa e trata este bem natural.

Causas e consequências

Os principais fatores de deteriorização dos rios, mares, lagos e oceanos são: poluição e contaminação por produtos químicos e esgotos. O homem tem causado, desde a Revolução Industrial (segunda metade do século XVIII), todo este prejuízo à natureza, através dos lixos, esgotos, dejetos químicos industriais e mineração sem controle.

Em função destes problemas, os governos com cosnciência ecológica, tem motivado a exploração racional de aqüíferos (grandes reservas de água doce subterrâneas). Na América do Sul, temos o Aqüífero Guarani, um dos maiores do mundo e ainda pouco utilizado.Grande parte das águas deste aqüífero situa-se em subsolo brasileiro (região sul).

Pesquisas realizadas pela Comissão Mundial de Água e de outros órgão ambientais internacionais afirmam que cerca de três bilhões de habitantes em nosso planeta estão vivendo sem o mínimo necessário de condições sanitárias.Cerca de um milhão não tem acesso à água potável. Em razão desses graves problemas, espalham-se diversas epidemias de doenças como diarréia, leptospirose, esquistossomose, hepatite e febre tifóide, que matam mais de 5 milhões de pessoas por ano, sendo que um número maior de doentes sobrecarregam os hospitais e postos de saúde destes países.

jessica disse...

O objetivo deste trabalho foi identificar as atitudes em relação ao meio ambiente e suas influências no processo de compra dos consumidores de produtos aliPara a apresentação dos resultados, foram utilizadas análises de freqüência e fatorial para identificar as dimensões principais das atitudes em relação ao meio ambiente e sua relação com o comportamento de compras.mentícios.

carlla disse...

Os rios são muito importantes, pois geram água útil ao nosso consumo: para beber, preparar alimentos, cuidar da higiene pessoal, etc. A água potável proveniente de rios vem sendo ameaçada pela poluição, saiba agora como e por que isso vem ocorrendo:

- Os esgotos domésticos e industriais chegam aos rios sem tratamento algum, a ausência de um tratamento prévio e o despejo indevido só piora o quadro;

- Os materiais orgânicos sintéticos, como plásticos, detergentes, solventes, tintas e inseticidas, são lançados diariamente nos rios;

- Os fertilizantes agrícolas utilizados por agricultores nas plantações são arrastados pelas águas das chuvas para dentro dos rios, o que ocasiona a poluição por agrotóxicos;

- O lançamento de compostos inorgânicos, como os metais pesados (Cu, Zn, Pb, Cd, Hg etc.), em rios é um problema sério, como exemplo temos a poluição por mercúrio, provocada por garimpeiros que buscam ouro.

Você tem conhecimento da água que está consumindo? A água potável, ou seja, própria para o consumo, tem que atender a determinados requisitos e dentre eles podemos citar: Não pode possuir cheiro algum (inodora), nem sabor (insípida) e nem cor (incolor).

A poluição causa alterações físicas na água, que podem ser notadas no cheiro, na cor e no sabor da água; por essas razões é indispensável que a água de rios passe por um tratamento prévio para posterior consumo. Veja os riscos para a saúde que o consumo de água poluída pode trazer:

A água poluída pode conter organismos patogênicos como as bactérias que ocasionam infecções intestinais, epidérmicas e endêmicas, além dos riscos de febre tifóide, cólera, leptospirose.

allyson_play2009@hotmail.com disse...

mobilizacaoecologicariojaguaribe@blogspot.com

queremos acabar com as poluições que estão poluindo O RIO JAGARIBE!

nosso PROJETO tem como objetivo !!! acabar com as poluições de nosso planeta ,

Anônimo disse...

Mobilização em Leme realiza o plantio de árvores


O mundo todo, Nova York, Londres e até Leme, participou de uma ação global pelo meio ambiente. A atividade foi realizada sábado, dia 26 atrás da faculdade de Leme, a Anhanguera Educacional e contou com o apoio da faculdade, voluntários, secretaria do meio ambiente e a sociedade que participou ativamente no plantio de árvores. Foram plantadas no total de 40 árvores.

A mobilização teve o objetivo de conscientizar a população e chamar a atenção de nossos governantes para o reflorestamento da cidade e a qualidade de vida. A adolescente Thaís Medeiros de 14 anos e residente do bairro Jd. Ariane, se deslocou com muita garra e disposição para plantar árvores e dar força ao movimento, já o jovem Israel Carlos Alves, conhecido por seus inúmeros grafites e trabalhos sociais em Leme, se entregou numa atitude voluntária de coragem e muita força. O movimento chamou a atenção de ciclistas que passaram pelo local e participaram da atividade. Estiveram presente também as guardas municipais Juvenil Correia de Almeida Filho e Erilândia Pereira Farias, e a polícia militar Valquíria S.M. Moura.

Um dos primeiros moradores do bairro Cidade Jardim, Sr. Carlos Leme Penteado Filho, de 75 anos de idade, mostrou com felicidade as árvores que plantou naquela região e adicionou mais uma para a sua história com o meio ambiente.

O sábado foi marcado por Gandhi " Você deve ser a mudança que quer ver no mundo", e pelo apoio do professor e coordenador do curso de biologia Isac Batista. Várias pessoas fizeram parte do projeto e se envolveram numa atitude de responsabilidade social, o objetivo é que ações como estas sejam feitas diversas vezes com a participação da sociedade, e que o ato de plantar árvores volte a ser uma atividade prazerosa, uma brincadeira de criança e não apenas uma obrigação civil. Em um mundo cada vez mais avançado, as pessoas aprendem desde cedo o consumo rápido e desnecessário, na maioria das vezes cansam cedo do que conseguem, querendo mais e sem nenhum apego ao objeto conquistado, mas não aprendem a importância de plantar uma árvore.

As árvores embelezam e contribuem para termos um ar mais limpo e puro, reduz o efeito do aquecimento global, pois atuam como coletora de gás carbônico, evita e reduz a erosão do solo e a contaminação da água, as sombras refresca as ruas e estacionamentos, melhora a qualidade de vida nos centros urbanos. As árvores contribuem para deixar a vida mais agradável.

A mobilização foi encerrada com o desejo de cada participante em acompanhar o crescimento de sua árvore e compartilhar da sombra e história com filhos, netos, em garantir um mundo melhor para as futuras gerações.

Jefesson

allyson_play2009@hotmail.com disse...

estamos muitos contentes pelo nosso projeto , pois ele retrata a questão da poluição do RIO JAGUARIBE !! queros diminuir ou acabar com essas poluiçoes !!!

Anônimo disse...

mobilização pelo mundo
A neta de Jacques Cousteau atua em diversos programas de preservação do meio ambiente e de culturas locais pelo mundo, inclusive no Brasil. É apaixonada pela Amazônia e garante que ainda não é tarde demais para fazer mudanças positivas pelo planeta, citando um ditado indígena: “Nós não herdamos o planeta dos nossos pais, nós o emprestamos das nossas crianças”

ass larissa

jessica disse...

A preocupação com o meio ambiente, por segmentos econômicos, políticos e sociais, vem ocorrendo de forma contínua e crescente desde o início da década de 70.
O presente trabalho aborda a questão ambiental na perspectiva das relações empresa-cliente e tem como objetivo identificar as atitudes em relação ao meio ambiente pelo consumidor e sua influência no processo de compra de alimentos.

Anônimo disse...

Escuta Nacional para a Construção do Programa Nacional
de Juventude e Meio Ambiente.
Olá ,
Os Ministérios da Educação e do Meio Ambiente e a Secretaria Nacional de Juventude, em
resposta as deliberações da Conferência Nacional de Políticas Públicas de Juventude e da III
Conferência Nacional de Meio Ambiente, vem realizar uma Escuta Nacional das organizações,
coletivos, grupos, movimentos e indivíduos que atuam na área de Juventude e Meio Ambiente,
a fim de colher contribuições da sociedade para construção do Programa Nacional de
Juventude e Meio Ambiente formulado no âmbito do Grupo de Trabalho Interministerial (GTI)
composto pelos referidos ministérios.
Este processo de “Escuta” Nacional é aberto, de livre participação, sem cunho deliberativo, e
tem por objetivo levantar conteúdos e orientar as produção do GTI de Juventude e Meio
Ambiente, de maneira que as contribuições recebidas serão sistematizadas e incorporadas às
diretrizes do Plano de trabalho do GTI.
Sua contribuição é de fundamental importância para que o Brasil avance nas políticas voltadas
à juventude considerando-a população estratégica para a construção de uma sociedade mais
sustentável.

ass larissa

Anônimo disse...

Escuta Nacional para a Construção do Programa Nacional
de Juventude e Meio Ambiente.
Olá ,
Os Ministérios da Educação e do Meio Ambiente e a Secretaria Nacional de Juventude, em
resposta as deliberações da Conferência Nacional de Políticas Públicas de Juventude e da III
Conferência Nacional de Meio Ambiente, vem realizar uma Escuta Nacional das organizações,
coletivos, grupos, movimentos e indivíduos que atuam na área de Juventude e Meio Ambiente,
a fim de colher contribuições da sociedade para construção do Programa Nacional de
Juventude e Meio Ambiente formulado no âmbito do Grupo de Trabalho Interministerial (GTI)
composto pelos referidos ministérios.
Este processo de “Escuta” Nacional é aberto, de livre participação, sem cunho deliberativo, e
tem por objetivo levantar conteúdos e orientar as produção do GTI de Juventude e Meio
Ambiente, de maneira que as contribuições recebidas serão sistematizadas e incorporadas às
diretrizes do Plano de trabalho do GTI.
Sua contribuição é de fundamental importância para que o Brasil avance nas políticas voltadas
à juventude considerando-a população estratégica para a construção de uma sociedade mais
sustentável.

Marieli

Anônimo disse...

MARIELI FERNANDES

Meio ambiente

A IBM está comprometida com a liderança ambiental em todas as suas atividades de negócio. A IBM tem, há muito tempo, políticas corporativas sobre ambientes de trabalho seguros e saudáveis, sobre proteção ao meio ambiente e sobre conservação de energia e recursos naturais, que foram formalizadas em 1967, 1971 e 1974 respectivamente. Elas têm servido a contento ao meio ambiente e aos nossos negócios ao longo dos anos, e constitui a base para os seguintes objetivos da política corporativa:

Prover ambiente de trabalho seguro e saudável, e assegurar que os funcionários sejam devidamente treinados e que tenham equipamentos de segurança e emergência apropriados;
Ter respeito ao meio ambiente nas comunidades onde operamos, e atuar com prontidão e responsabilidade para corrigir incidentes ou condições que ponham em risco a saúde, segurança ou o meio ambiente;
Reportar prontamente às autoridades e informar às partes afetadas onde apropriado;
Conservar os recursos naturais, reutilizando e reciclando materiais e adquirindo materiais reciclados;
Desenvolver, produzir e comercializar produtos seguros em suas finalidades, eficientes no uso de energia, seguros ao meio ambiente e que possam ser reutilizados, reciclados ou dispostos com segurança;
Utilizar processos de desenvolvimento e manufatura que não afetem adversamente o meio ambiente, incluindo desenvolvimento e melhoria de operações e tecnologias para minimizar resíduos, prevenir a poluição do ar, água e outros recursos, minimizar os riscos e saúde e segurança, e descarte de resíduo de maneira segura e responsável;
Assegurar o uso responsável de energia através do nosso negócio, incluindo conservação de energia, melhoria da eficiência energética, dando preferência, quando possível, a fontes de energia renováveis sobre as não-renováveis;
Participar em esforços para melhoria da proteção e do entendimento ambiental no mundo, e compartilhar tecnologia, conhecimentos e métodos de prevenção e poluição;
Utilizar produtos, serviços e experiência da IBM ao redor do mundo para auxiliar o desenvolvimento de soluções para problemas ambientais;
Cumprir ou exceder os requisitos governamentais aplicáveis e requisitos voluntários aos quais a IBM subscreve. Estabelecer e aderir aos requisitos mais restritivos (legais ou internos) não importando o local no mundo onde a companhia faça negócios;
Esforçar-se para melhorar continuamente o sistema de gestão ambiental da IBM e o seu desempenho, e publicar periodicamente relatórios de progresso para o público em geral;
Conduzir rigorosas auditorias e auto-avaliações de cumprimento da IBM em relação a esta política, medir o progresso do desempenho ambiental da IBM, e reportar periodicamente ao Comitê de Diretores;
Esta política deve ser seguida por todo funcionário e todo contratado nas instalações da IBM, e é esperado que relatem qualquer preocupação com relação ao meio ambiente, saúde ou segurança à gerência IBM. Dos gerentes é esperado que tomem as ações imediatamente.

Anônimo disse...

No Brasil, atribui-se à educação básica a formação para o exercício da cidadania ao propor
um currículo que tenha vínculos com as diversas dimensões da vida dos alunos e voltado a
um ensino contextualizado e fundamentado na interdisciplinaridade. No ensino
fundamental, as temáticas relacionadas à cidadania (Meio Ambiente, Ética, Diversidade
Cultural, Sexualidade) foram previstas de forma transversal a todas as áreas disciplinares
(Português, Matemática, Biologia, Química, etc). O tema “meio ambiente”, incluído nos
Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), pretende “contribuir para a formação de
160
cidadãos conscientes, aptos a decidirem e atuarem na realidade socioambiental de um
modo comprometido com a vida, com o bem-estar de cada um e da sociedade local e
global” (BRASIL, 1998a, p. 11).
Conforme Dias (2004), o ensino formal é o que ocorre dentro do sistema escolar; o nãoformal,
obviamente, fora das escolas. A Educação Ambiental deve estar presente em todas
as etapas, inclusive começando em casa, mesmo antes do pré-escolar.
Conforme a Lei 9.795, de 27 de abril de 1999, a educação ambiental é entendida como o
conjunto de processos por meio dos quais o indivíduo e a coletividade constroem valores
sociais, conhecimentos, habilidades, atitudes e competências voltadas para a conservação
do meio ambiente, bem de uso comum do povo, essencial à sadia qualidade de vida e sua
sustentabilidade (Artigo 1º), sendo um componente essencial e permanente da educação
nacional, devendo estar presente, de forma articulada, em todos os níveis e modalidades do
processo educativo, em caráter formal e não-formal (Artigo 2º) (ANDRADE JÚNIOR,
2004; PNEA, 1999).
Segundo Dias (2004), a utilização do questionário como mecanismo para a diagnose da
Educação Ambiental contribui para o desenvolvimento de um conjunto de questões
ordenadas a ser submetido a um determinado público. As respostas analisadas dão uma
variedade de indicativos. É usado para obter informações e/ou efetuar amostragem de
opinião das pessoas em relação a uma dada questão. Pode ajudar a definir a extensão de
um problema.

Anônimo disse...

MARIELI FERNANDES

Este estudo tem por finalidade analisar o nível de conhecimento adquirido pelos discentes
em relação ao meio ambiente, partindo de que o CEFET-Uberaba caracteriza-se como uma
Instituição de ensino que possui a gestão ambiental integrada ao cotidiano de seus alunos.
Tal objetivo foi atingido através da análise dos resultados obtidos no Questionário sobre a
Atitude Ambiental dos discentes da instituição, formulado pelos alunos do 6º Período do
Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental do ano de 2007. Esta Atitude
Ambiental foi caracterizada pela análise das opiniões dos discentes em relação a ações
ambientais pertinentes ao seu dia-a-dia. Os resultados demonstram que, dentre os Ensinos
Médio e Técnico, o Curso Técnico de Informática demonstra maior sensibilidade (86,8 %)
sobre assuntos relacionados a questões ambientais e o Curso Técnico de Nutrição e
Dietética apresenta menor atitude ambiental (76,3 %) quando comparado aos demais.
Analisando os Cursos Superiores da Instituição, nota-se que o Curso Superior de
Tecnologia em Gestão Ambiental possui maior atitude ambiental por parte dos discentes
(86,84 %). O Curso Superior de Zootecnia demonstrou uma menor atitude ambiental
(71,05%).

Anônimo disse...

Poluição

...." Esgotos causando a poluição do Rio. Simplesmente um depósito de dejetos em água corrente".
Pelos autores do projeto (Foto retirada próxima a Av.Beira-Rio - Jaguaribe-ce).

....RIO JAGUARIBE: UMA QUESTÃO DE RECUPERAÇÃO E CONSERVAÇÃO: Se ter um rio limpo e saudável é um direito, preservá-lo é um dever. Ajude-nos a preservar, todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se, ao Poder Público e à coletividade, o dever de defendê-lo e de preservá-lo para as presentes e as futuras gerações.

Anônimo disse...

RIO Jaguaribe: pacto de cooperação discute preservação ambiental.
O Pacto de Cooperação do Centro-Sul promoveu encontro com representantes de diversas instituições locais, com o objetivo de discutir ações em defesa do Rio Jaguaribe e definir uma agenda de trabalho para 2007.

O Pacto de Cooperação do Centro-Sul, em parceria com o Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Comdema) e o Comitê da Sub-Bacia Hidrográfica do Alto Jaguaribe, promoveu encontro com representantes de diversas instituições locais, com o objetivo de discutir ações em defesa do Rio Jaguaribe e definir uma agenda de trabalho para 2007.O encontro foi realizado no auditório do Sesc de Iguatu e reuniu dezenas de participantes. “A degradação avançada das margens do Rio Jaguaribe em toda sua extensão é preocupação de todos nós”, observou o coordenador do Pacto de Cooperação, Valdeci Ferreira. “A revitalização do Jaguaribe precisa da participação dos municípios de sua bacia hidrográfica e do governo do Estado”.

A idéia de realização do encontro partiu do Comitê da Sub-Bacia Hidrográfica do Alto Jaguaribe, que foi abraçada pelo pacto de Cooperação do Centro-Sul. O presidente do Comitê, Joaquim Lopes Feitosa, disse que há necessidade de implantação de um projeto de grande porte de âmbito regional para a revitalização do Rio Jaguaribe, cujas matas ciliares foram destruídas nas últimas décadas.

O avanço do leito do Rio em terras agricultáveis e o despejo de esgoto de 14 municípios e de dezenas de vilas rurais são as principais preocupações dos técnicos. “A solução desse problema passa por uma mobilização geral, envolvendo prefeituras e governos estadual e federal”, observa Feitosa. Nos próximos meses, serão realizados três seminários nas cidades de Iguatu, Campos Sales e Tauá para discutir a degradação do Jaguaribe.

Os três encontros vão servir de base para elaboração de uma proposta que deverá ser encaminhada ao governador eleito, Cid Gomes. “Vamos solicitar a realização de um amplo estudo sobre o nível de degradação do Rio Jaguaribe”, explicou Feitosa. “Esse é o primeiro passado para a realização de um projeto de revitalização das margens do Jaguaribe”.Já o problema de redução do despejo diário de dejetos sobre o leito só será resolvido com a construção de obras de saneamento básico e implantação de estações de tratamento de esgoto nos municípios e vilas localizados às margens do Rio.Além desse tema, a reunião do Pacto também tratou de uma campanha de arborização para a cidade de Iguatu. A proposta é promover uma mobilização geral, com cartazes, cartilhas educativas, que vão além do simples ato de plantar árvores.
Diário do Nordeste. Fortaleza, 02 de dezembro.
liliane de lima

Anônimo disse...

RIO Jaguaribe: pacto de cooperação discute preservação ambiental.
O Pacto de Cooperação do Centro-Sul promoveu encontro com representantes de diversas instituições locais, com o objetivo de discutir ações em defesa do Rio Jaguaribe e definir uma agenda de trabalho para 2007.

O Pacto de Cooperação do Centro-Sul, em parceria com o Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Comdema) e o Comitê da Sub-Bacia Hidrográfica do Alto Jaguaribe, promoveu encontro com representantes de diversas instituições locais, com o objetivo de discutir ações em defesa do Rio Jaguaribe e definir uma agenda de trabalho para 2007.O encontro foi realizado no auditório do Sesc de Iguatu e reuniu dezenas de participantes. “A degradação avançada das margens do Rio Jaguaribe em toda sua extensão é preocupação de todos nós”, observou o coordenador do Pacto de Cooperação, Valdeci Ferreira. “A revitalização do Jaguaribe precisa da participação dos municípios de sua bacia hidrográfica e do governo do Estado”.

A idéia de realização do encontro partiu do Comitê da Sub-Bacia Hidrográfica do Alto Jaguaribe, que foi abraçada pelo pacto de Cooperação do Centro-Sul. O presidente do Comitê, Joaquim Lopes Feitosa, disse que há necessidade de implantação de um projeto de grande porte de âmbito regional para a revitalização do Rio Jaguaribe, cujas matas ciliares foram destruídas nas últimas décadas.

O avanço do leito do Rio em terras agricultáveis e o despejo de esgoto de 14 municípios e de dezenas de vilas rurais são as principais preocupações dos técnicos. “A solução desse problema passa por uma mobilização geral, envolvendo prefeituras e governos estadual e federal”, observa Feitosa. Nos próximos meses, serão realizados três seminários nas cidades de Iguatu, Campos Sales e Tauá para discutir a degradação do Jaguaribe.

Os três encontros vão servir de base para elaboração de uma proposta que deverá ser encaminhada ao governador eleito, Cid Gomes. “Vamos solicitar a realização de um amplo estudo sobre o nível de degradação do Rio Jaguaribe”, explicou Feitosa. “Esse é o primeiro passado para a realização de um projeto de revitalização das margens do Jaguaribe”.Já o problema de redução do despejo diário de dejetos sobre o leito só será resolvido com a construção de obras de saneamento básico e implantação de estações de tratamento de esgoto nos municípios e vilas localizados às margens do Rio.Além desse tema, a reunião do Pacto também tratou de uma campanha de arborização para a cidade de Iguatu. A proposta é promover uma mobilização geral, com cartazes, cartilhas educativas, que vão além do simples ato de plantar árvores.
Diário do Nordeste. Fortaleza, 02 de dezembro.

liliane de lima melo

Anônimo disse...

Os problemas por que passam o Rio Jaguaribe são tão antigos quanto são velhas as discussões e promessas para a preservação do seu manancial. Mas no Município de Jaguaribe, que leva o nome do rio e tem 75km cortado por suas águas, a realidade parece estar mudando, através da mobilização de professores e, consequentemente, da comunidade. Eles pressionam o pode público ao engajamento. O problema é complexo, mas o argumento é simples: Depósitos de lixo e esgoto doméstico na águas, dezenas de currais e chiqueiros de porcos em boa parte da extensão do rio, cercas de arame farpado “privatizando” margens. Assim sendo, morte de peixes, fedentina, erosão, desmatamento e pessoas doentes pela água contaminada.

Cecim

Anônimo disse...

Como contribuir para evitar a poluição dos rios

A solução do problema de poluição do rio Jaguaribe passa pela implantação de obras de saneamento básico para atender as cidades banhadas pelo velho Rio das Onças. As Prefeituras localizadas à margem do mesmo, dizem que não podem fazer nada de imediato porque o problema somente será resolvido com a implantação de estações de tratamento de esgotos em todas as cidades banhadas pelo Rio Jaguaribe.

Cecim

Anônimo disse...

Como evitar a poluição dos rios

Além da conscientização da própria população, será necessário uma operação de tamponamento, ou seja, fazer uma limpeza geral em todos os rios, com a parceria da população e órgãos municipais e estaduais.

Cecim

Anônimo disse...

Rio Jaguaribe, o maior e mais importante rio do Ceará - Os problemas por que passam o Rio Jaguaribe são tão antigos quanto são velhas as discussões e promessas para a preservação do seu manancial. Mas no Município de Jaguaribe, que leva o nome do rio e tem 75km cortado por suas águas, a realidade parece estar mudando, através da mobilização de professores e, consequentemente, da comunidade. Eles pressionam o poder público ao engajamento. O problema é complexo, mas o argumento é simples: Depósitos de lixo e esgoto doméstico na águas, dezenas de currais e chiqueiros de porcos em boa parte da extensão do rio, cercas de arame farpado “privatizando” margens. Assim sendo, morte de peixes, fedentina, erosão, desmatamento e pessoas doentes pela água contaminada.

liliane do rock

Anônimo disse...

Os problemas por que passam o Rio Jaguaribe são tão antigos quanto são velhas as discussões e promessas para a preservação do seu manancial. Mas no Município de Jaguaribe, que leva o nome do rio e tem 75km cortado por suas águas, a realidade parece estar mudando, através da mobilização de professores e, consequentemente, da comunidade. Eles pressionam o pode público ao engajamento. O problema é complexo, mas o argumento é simples: Depósitos de lixo e esgoto doméstico na águas, dezenas de currais e chiqueiros de porcos em boa parte da extensão do rio, cercas de arame farpado “privatizando” margens. Assim sendo, morte de peixes, fedentina, erosão, desmatamento e pessoas doentes pela água contaminada.

lili

Anônimo disse...

Projeto de transformação de lixo em energia pode ser estendido a todo o país

Iniciativa pode reduzir emissão de gases de efeito estufa


Pesquisadores da Coordenação de Programas de Pós-Graduação de Engenharia (Coppe) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) querem aumentar a eficiência energética da Usina Verde, que funciona desde 2004 na Ilha do Fundão, na zona norte da cidade. O objetivo é ampliar a capacidade de produção de energia da usina.
O projeto, da iniciativa privada, teve a parte de tecnologia aprimorada pela Coppe e trabalha com a incineração de lixo urbano, destruindo os gases causadores de efeito estufa na atmosfera, além de transformar em energia quase todos os resíduos sólidos recebidos. O pesquisador Luciano Basto, do Instituto Virtual Internacional de Mudanças Globais (IVIG) da Coppe, coordenador do projeto Usina Verde, disse à Agência Brasil que a ideia é "tentar aumentar a escala e ajudar que se torne uma realidade no Brasil".
Ele informou que a Usina Verde já faz isso em pequena escala. O sistema, porém, está capacitado para gerar o dobro de energia atual que é usada para autoconsumo. Com as 30 toneladas de lixo tratado que recebe por dia, provenientes do aterro sanitário da Companhia de Limpeza Urbana (Comlurb) no Caju, a Usina Verde tem potência de 440 quilowatts (kW). Se funcionasse em tempo integral, isso representaria cerca de 3.500 megawatts/hora (MWh) por ano, o que seria suficiente para abastecer 1.500 residências.
Luciano Basto salientou que esse é um projeto piloto. Uma unidade comercial teria cinco vezes esse tamanho. Estimou que para 150 toneladas/dia de resíduos sólidos, poderia ser gerada energia suficiente para abastecer 8 mil residências.

luanne de lima

israelane disse...

bom eu aprendi muito nos ultimos dias poi a gemte fala sobre muitas coisas como prezevar o meio anbiente bj

israelane disse...

Meio ambiente abiótico
O meio ambiente abiótico inclui factores como solo, água, atmosfera e radiação. É constituído de muitas forças que se influenciam entre si e influenciam a comunidade de seres vivos que os cercam. Por exemplo, a corrente de um rio pode influir na forma das pedras que fazem ao longo do fundo do rio. Mas a temperatura, limpidez da água e sua composição química também podem influenciar toda sorte de plantas e animais e sua maneira de viver. Um importante grupo de factores ambientais abióticos constitui o que se chama de clima.

Meio ambiente biótico
Todo ser vivo se encontra em um meio que lhe condiciona a evolução de acordo com o seu patrimônio genético. A reacção (evolução) leva à individualização dos seres e a sua adaptação ao modo de vida. Quando o meio muda, o organismo reage através de uma nova adaptação (dentro da faixa permitida pelo patrimônio hereditário) que, segundo Lamarck, seria sempre eficaz.

A locomoção, no reino animal, e a dispersão dos diásporos, no reino vegetal, permitem às espécies instalarem-se em novos ambientes, mais favoráveis. É o aspecto principal da migração. O organismo pode, também, diminuir as trocas ou contactos com um meio hostil através da reclusão (construção de um abrigo, enquistamentos, anidrobiose e outros)

Ambientes naturais
Ambientes naturais são aqueles que se formaram sem intervenção humana, como os lagos, pântanos, oceanos. Entretanto, esses ambientes não são estáticos, têm sua dinâmica e, em muitos casos, são influenciados pela ação humana.

Meio-ambiente artificial
Ambientes artificiais são aqueles que se formaram com a intervenção do Homem, como jardins, salinas, campos cultivados e o próprio ambiente urbano.

Ver também
Biodiversidade no Brasil
Ambientalismo
Ecologismo
Augusto Ruschi

Anônimo disse...

projovem muito legal ,aprende muitas coisas conhece muito agente legal,os professores sao otimos.
o projovem em hje dia ja e bastante conhecido e valorizado.


ANA NAYARA ROSENO LINHARES

Anônimo disse...

O meio ambiente e sua efetiva conservação

A situação do meio ambiente no globo nos desafia a preservar os recursos naturais e, ao mesmo tempo, possibilitar um desenvolvimento social justo, permitindo que as sociedades humanas atinjam uma melhor qualidade de vida em todos os aspectos. A necessidade de consolidar novos modelos de desenvolvimento sustentável no país exige a construção de alternativas de utilização dos recursos, orientada por uma racionalidade ambiental e uma ética da solidariedade.
Deve-se também reconhecer que vivemos numa sociedade na qual é fundamental partir de uma boa formação e de um sólido conhecimento dos complexos problemas e potencialidades ambientais. Nossa sociedade se conscientizado de que o modelo vigente de crescimento afeta nosso planeta muito mais do que o desejado. Tem-se observado que a destruição da natureza, base da vida, através da contaminação e degradação dos ecossistemas crescem em um ritmo acelerado , motivo pelo qual torna-se necessário reduzir o impacto ambiental para a obtenção de um desenvolvimento ecologicamente equilibrado a curto prazo para todo o planeta.

Como instrumento para preservação ambiental, o ser humano tem as leis que regem a forma de agir com o meio ambiente. Embora muitas vezes estas leis sejam desobedecidas, temos que utilizar os meios existentes a fim de manter os recursos e ambientes naturais remanescentes.

As leis que regem o comportamento de uma sociedade ou de um indivíduo nem sempre são consideradas justas. Inúmeras vezes nos vemos diante de afirmações populares como "tal lei serve para todos, mas não se aplica a alguns ".

A legislação brasileira avançou muito nos últimos anos. O Brasil expôs ao mundo a importância de se conservar os recursos bióticos e naturais presentes nas florestas para a manutenção da qualidade ambiental do planeta. No momento, o assunto em pauta é a criação de mecanismos fiscais que busquem equilibrar a delicada balança do consumo de recursos naturais que se encontra extremamente favorável para países desenvolvidos.

Diante deste quadro, nada mais justo que, além de termos uma legislação consistente, tenhamos também recursos financeiros e humanos para fazermos cumprir leis que irão beneficiar a qualidade ambiental não apenas de nosso território mas de todo planeta. Um dos instrumentos legais mais expressivos existentes no Brasil é o ATO DECLARATÓRIO AMBIENTAL, que é um instrumento de contribuição à preservação ambiental. Também pode se tornar uma aliada do proprietário de áreas, visto que esta lei permite que haja isenção tributária para aqueles que preservam e protejam as florestas em áreas de delicado equilíbrio, de extrema necessidade (áreas próximas a cursos de água, ao redor de nascentes, topo de morros, áreas declivosas, etc ) ou em outras situações que tenham importância da preservação .


ANA NAYARA ROSENO LINHARES.

Anônimo disse...

SALVE A FLORA BRASILEIRA!

Nossa maior riqueza vem se perdendo. foto: Marco Pozzana

As florestas são os ambientes mais ricos da Terra em biodiversidade. Se isso não bastava para que o homem preservasse esses santuários, acabou de ganhar mais um motivo: um recente estudo recomenda a preservação da flora para salvar o clima.

Em mais de 500 anos de história, o Brasil desmatou aproximadamente 30% de suas florestas. O pior é que a maior parte foi devastada nos últimos 50 anos.

As árvores e outras plantas melhoram a qualidade de vida não só dos homens, mas de toda a vida inteligente na Terra. Para saber mais, leia o artigo do site Mundo Quente: Proteja nossa flora.

Anônimo disse...

Os anos 90 representam a década do meio ambiente, não por decisão nossa, mas porque os acontecimentos quase fogem ao nosso controle. A ecologia profunda vê os seres humanos como apenas um fio na teia da vida. Reconhece que estamos todos ligados à natureza e somos dependentes dela. Cada organismo — da diminuta bactéria, passando pela vasta gama de plantas e animais, até chegar aos seres humanos — é um todo integrado e, portanto, um sistema vivo.

Uma ética ecológica profunda faz-se urgente hoje, especialmente na ciência, já que a maior parte daquilo que os cientistas estão fazendo não preserva a natureza, mas a destrói:

Físicos criam armas que ameaçam varrer a vida do planeta; químicos contaminam o meio ambiente;
biólogos criam novos e desconhecidos microrganismos
sem medir as conseqüências;
cientistas torturam animais em nome do progresso científico.
Com todas essas atividades em marcha, é claro como a luz do dia que introduzir padrões éticos na ciência moderna é mais do que urgente. Precisamos estar dispostos a questionar tudo e abandonar a busca cega de crescimento irrestrito. Uma sociedade sustentável é aquela que não reduz as oportunidades das futuras gerações.

Yure Danlye Silva

Anônimo disse...

Todos os proprietários que são obrigados a pagar o Imposto Territorial Rural são candidatos a realizarem registros de áreas através do Ato Declaratório Ambiental. O Ato se dá a partir do preenchimento de um formulário que possui as seguintes informações:

informação e apuração do ITR.
dados do imóvel
identificação do declarante proprietário
distribuição da área do imovél
áreas de utilização limitada
demais informações do formulário
As áreas de preservação permanente são destinadas a:

* atenuar a erosão das terras,

* fixar dunas,

* formar faixas de proteção ao longo de rodovias e ferrovias,

* auxiliar a defesa do território nacional, a critério das autoridades militares,

* proteger sítios de excepcional beleza ou de valor cientifico ou histórico,

* para asilar exemplares da fauna ou flora ameaçados de extinção,

* manter o ambiente necessário à vida das populações silvícolas,

* assegurar condições de bem estar público.

As áreas são caracterizadas como :

* ao longo dos rios ou de qualquer curso de água, existem faixas obrigatórias, também ao redor de lagoas, lagos ou reservatórios de águas naturais ou artificiais

* nascentes e nos chamados olhos de água qualquer que seja sua situação topográfica, num raio mínimo de 50 metros de largura.

* áreas no topo de morros, montes, montanhas e serras, alem de encostas com declividade superior a 45 graus equivalente a 100 % na linha de maior declive.

* áreas de restingas, fixadoras de dunas ou estabilizadoras de mangues.

* nas bordas dos tabuleiros ou chapadas , a partir da linha de ruptura do relevo, em faixa nunca inferior a 100 metros em projeção horizontal

* áreas em altitudes superiores a 1.800 metros, qualquer que seja a vegetação.

As áreas podem ser classificadas como :

área de reserva legal
área de reserva particular do patrimônio natural
área de declarado interesse ecológico
área com plano de manejo florestal
áreas com reflorestamento de essências nativas e/ou exóticas
Por fim, cabe ressaltar que a preservação efetiva do ambiente natural só irá realmente acontecer com a aplicação prática de leis como o Ato Declaratório Ambiental. Para isso, a conscientização e a participação do proprietário rural é fundamental, a fim de se materializar ações que realmente irão garantir a manutenção dos ecossistemas e recursos naturais remanescentes

ANA NAYARA ROSENO LINHARES

Anônimo disse...

Como preservar realmente o meio ambiente

De alguns anos pra cá a natureza vem sofrendo danos muito severos em função da ação do homem e está em processo acelerado de degradação, entretanto, muitas pessoas estão se mobilizando para minimizar isso e fazem de tudo para preservá-la, porém acabam prejudicando a natureza de vez em quando, sem perceber. Por isso saiba como evitar que atitudes nocivas ao meio ambiente passem despercebidas.

YURE DANLYE DA SILVA

Anônimo disse...

Como preservar realmente o meio ambiente

De alguns anos pra cá a natureza vem sofrendo danos muito severos em função da ação do homem e está em processo acelerado de degradação, entretanto, muitas pessoas estão se mobilizando para minimizar isso e fazem de tudo para preservá-la, porém acabam prejudicando a natureza de vez em quando, sem perceber. Por isso saiba como evitar que atitudes nocivas ao meio ambiente passem despercebidas.

YURE DANLYE DA SILVA

Anônimo disse...

Você precisa de
Para preservar realmente o meio ambiente você precisa modificar algumas atitudes do cotidiano como:

-Não jogar qualquer tipo de óleo em sua rede de esgotos.

-Evite jogar materiais não degradáveis (plástico e outros) no ambiente.

-Evite comprar produtos que não podem ser reciclados.

-Não contribua diretamente para o desmatamento.

-Economize recursos naturais como água, energia, etc.

-Compre produtos eletrônicos com baixo consumo de energia.

yure danlye da silva

ANA JESSICA disse...

jessica
bom olixo ele devirea cer resecavem muitas coisa como opapeu garafa papelão proqeu prejudica muita asaude do seris umano i dos animas bom a agua ela esta ficando muito polida procausa do lixo

Anônimo disse...

jessica
bom olixo ele devirea cer resecavem muitas coisa como opapeu garafa papelão proqeu prejudica muita asaude do seris umano i dos animas bom a agua ela esta ficando muito polida procausa do lixo

Anônimo disse...

bom eu aprendi muito nos u
ltimosas coisa mudarão muitos

dias poi a gemte fala sobre muitas coisas como prezevar o meio anbiente vamos preseva onosso riu i anossa sidade

Anônimo disse...

esse projovem ele esta muito legal os meus professores essa ideia do projovem foi muito legal aqui em jaguaribe

Anônimo disse...

GESSICA X OZILEIDE ASSEXUALIDADE E UM TEMA MUITO BOM E DE MUITA APREDISAGEM EU APRENDER MUITA COISA INTERESANTE QUE EU NAO SABIA E MIM DESENVOLVI MAIS MAIS POREM EU NAO SABIA O QUE SEXO TRAZIA MUITOS RISCO ;;;

nailde disse...

o encontro de hoje falamos da sexualidade um assunto muito importante! adorei

Anônimo disse...

Valeria,Edivania e Edilania achamos o assunto muito interesante e curioso por que nos orienta sobre as doenças sexualmente transmisives e tiar nossas dúvidas. O projovem ajuda os jovems a ver a vida de outra forma mais alegre mas bem madura a nossa professora querida é jordania ela é um amor bjs xau!!!!!!!!!!!!♥♥♥♥♥

Anônimo disse...

O PROJOVEMM DE HJE PODE COM.PRENDER MELHOR A FORMAR COM O MERCADO DE TRABALHO NO NOSSO BRASIL PODE SER ENCARADO;ipor isso descubrir oque e sexualidade e hoje eu sei o que e sexo e gosto de vim para o projovem vim pq tem merenda.

ozilede e gessica

Anônimo disse...

O projovem é muito pro que tem merenda todo Dia A orientadora é legal ensina coisas boas pra gente nois apredemos coias com ela e ela é muito linda. parceira é muito linda é eu tambem!


Equipe: eliano e Patricia

Anônimo disse...

eu adoro projovem tem varias coisas legais

Anônimo disse...

VALERIA .
Hoje vamos fazer muitas coisas boas vamos visitar uma fabrica,fazer tabalhos culturais,jogar volei,futsal e etc.. gosto do peovem por que é divertido e legal bjs!!!!!!!!!!